Card image
Notícias
Diretor da Binotto vira acionista da Sundown

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 05/01/2010
  • Por: admin

<p>Ap&oacute;s um 2009 n&atilde;o muito favor&aacute;vel, a Sundown planeja melhorias para o 2010. No ano passado, as vendas ca&iacute;ram mais que pela metade, passando de 80 000 unidades, em 2008, para cerca de 40 000 motos. Em decorr&ecirc;ncia disto, muitos boatos sobre uma poss&iacute;vel venda da empresa come&ccedil;aram a circular. Uma delas seria que o Grupo Binotto &mdash; especializado em log&iacute;stica &mdash; assumiria o controle acion&aacute;rio da Sundown, o que foi negado pela marca.</p>
<p>&ldquo;O Sr. Edilson Binotto, diretor-presidente do Grupo Binotto, tem neg&oacute;cios independentes do grupo familiar, os quais opera atrav&eacute;s da empresa ESB Participa&ccedil;&otilde;es. &Eacute; atrav&eacute;s dessa empresa que ele se tornou, em outubro de 2009, acionista da Brasil &amp; Movimento (Sundown), sem todavia adquirir controle da empresa&rdquo;, explicou Walter Biselli, presidente da Sundown, para o MOTOCICLISMO Online. </p>
<p>Biselli ainda confirmou que a gest&atilde;o da empresa continua com os mesmo executivos e a expectativa para 2010 s&atilde;o boas. &ldquo;Muito promissora, tanto pela retomada do mercado que se prenuncia a partir de 2010, como pelas linhas de cr&eacute;dito que o governo est&aacute; concedendo. Al&eacute;m disso, a Sundown far&aacute; lan&ccedil;amentos agressivos e atualizados tecnologicamente &mdash; duas motos com inje&ccedil;&atilde;o eletr&ocirc;nica, bikes e scooter el&eacute;tricos.</p>
<p>Dentre as poss&iacute;veis novidades, uma das mais aguardadas &eacute; o Outlook 150, scooter mostrado no &uacute;ltimo Sal&atilde;o Duas Rodas.&nbsp; <br /></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários