Card image
Notícias
Delta-XE é uma elétrica de 200 cv que faz 0 a 200 km/h em 6 segundos

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/06/2021
  • Por: Alexandre Nogueira

A Delta-XE é o protótipo de uma motocicleta elétrica desenvolvida por uma equipe de estudantes universitários holandeses da Universidade de Twente e da Universidade de Ciências Aplicadas da Saxônia, com o apoio técnico e econômico de setenta empresas colaboradoras.

A Delta-XE foi projetada para competir no campeonato criado pela Electric Road Racing Association, e traz especificações técnicas como poucas no mundo, quase assustadoras, com seu motor elétrico de última geração que rende 150 kW (200 cv) e 17 kgf.m de torque, alimentado por uma bateria com capacidade de 13,5 kWh.

Veja também:
Kawasaki Z900 RS 2022 surge com as cores da Z1 de 1975
Usada da Vez: BMW R 1200 GS, uma devoradora de quilômetros
Honda Elite 125 se destaca nos emplacamentos em maio

A transmissão final é por correia dentada e os números se traduzem em desempenho excepcional, com 0 a 100 km/h em menos de 3 segundos e 0 a 200 km/h em seis segundos, com velocidade máxima de 300 km/h. O chassi também recebeu atenção especial no projeto, com a característica estrutura do chassi de aço Cromolibdenium da Bakker, combinada com um painel lateral de alumínio também da Bakker, com um garfo topo de linha e exclusivo da sueca Öhlins, invertido e com os tubos de carbono reforçados com cerâmica. O sistema de freios precisa de alta competência para suportar as altas velocidades da máquina elétrica, por isso foi empregado um conjunto de pinças especiais da HEL Performance, casadas com discos montados em rodas de 17 polegadas da italiana Marchesini, forjadas em liga de alumínio.

Todo o conjunto da Delta-XE soma 220 kg de peso total, 80 deles apenas para as baterias. Para a equipe de estudantes, ainda há muito o que melhorar, mas eles dizem estar muito orgulhosos do resultado alcançado nesta máquina desenvolvida em pouco mais de um ano, desde o projeto até a idealização da máquina final. E as pretensões são muito ambiciosas, pois os garotos pretendem testar a delta-XE com outras máquinas elétricas em circuitos diferentes e ainda dizem que gostariam de colocá-la frente a frente com uma MotoGP. Por isso os esforços continuam, principalmente, graças ao apoio financeiro dos colaboradores que acreditam no projeto.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– 
Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Eu gostaria demais de testar a Delta-EX e acredito que seria uma experiência das mais adrenalizantes da minha vida, tamanha a rapidez nas acelerações e o torque brutal sempre disponível 100%. E você já aderiu ao movimento das motos elétricas. Se ainda não, diga o porquê nos comentários.

Conteúdo Recomendado