Card image
Notícias
Com vendas em baixa, produção segue em queda

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 10/06/2015
  • Por: admin

<p><span style="line-height: 1.6em;">A produção de motos e scooters acumulada de janeiro a maio deste ano totalizou 582.528 unidades, 16,2% abaixo do registrado no mesmo período de 2014, com 695.155 unidades fabricadas. O resultado é o pior desde 2005, quando foram produzidas apenas 495.098 motocicletas nos primeiros cinco meses do ano, conforme levantamento divulgado pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).</span></p>

<p><img alt="Para não encher os estoques (o que significa prejuízo), as fábricas reduzem o volume de produção" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/texto4_620x467.jpg" style="margin: 0px auto; display: block; width: 620px; height: 467px;" /></p>

<p>Em maio, foram produzidas 119.280 unidades, 15,7% acima do que em abril (103.061 unidades), porém, 12,3% abaixo do mesmo mês de 2014 (136.080 unidades). <span style="line-height: 1.6em;">No atacado – vendas das fabricantes para as concessionárias –, foram comercializadas 110.026 motocicletas, volume 5,6% superior ao de abril (104.195 unidades) e 11,9% inferior ao do mesmo mês de 2014. No acumulado de janeiro a maio, estas vendas alcançaram 558.038 motocicletas, ante 636.514 unidades de igual período de 2014, correspondendo a uma queda de 12,3%. Com isso, o total de vendas nos primeiros cinco meses deste ano ficou muito próximo ao nível registrado em 2006 (524.911 unidades). Com um dia útil a menos, a média diária de vendas em maio ficou em 5.274 motocicletas, o menor patamar do mês desde 2006, que havia registrado 5.045 unidades comercializadas. Em relação à média diária de maio de 2014 (6.033 unidades), a retração foi de 12,6%.</span></p>

<p>Com base nos licenciamentos registrados pelo Renavam (Denatran), foram emplacadas 105.471 motocicletas em maio, significando quedas de 2,5% ante o volume de abril (108.167 unidades) e de 16,8% em relação a maio de 2014 (126.701 unidades).<span style="line-height: 1.6em;"> Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, afirma que a instabilidade econômica do país, que tira a confiança dos consumidores em comprar, reforça a necessidade de cautela das fabricantes.</span></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários