Card image
Notícias
Harley reduz rede, mas reafirma compromisso com o Brasil

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 17/03/2021
  • Por: Willian Teixeira

Em fevereiro de 2021, a Harley-Davidson deu início ao The Hardwire, seu novo plano estratégico que tem duração até 2025 e tem como meta um crescimento rentável no longo prazo. Segundo a marca, o plano foi pensado para aumentar o desejo dos clientes por suas motos, além de realizar outras iniciativas para deslanchar o potencial de seus produtos e poder obter crescimento em negócios complementares.

Entre as prioridades do The Hardwire estão o investimento em produtos mais rentáveis para a marca, ingresso em novos segmentos que sejam atraentes para os clientes, a busca pela liderança no segmento de motos elétricas e o desenvolvimento de negócios complementares e experiências que gerem conexão com os consumidores. Algumas dessas diretrizes já começaram, como o lançamento da Pan America, modelo que marca a estreia da Harley-Davidson no segmento das big trails.

Com menos lojas, Harley-Davidson assegura permanência no Brasil
Pan America, a primeira big trail da Harley-Davidson (Divulgação)

Veja também:
Ducati lança edição especial Scrambler Desert Sled Fasthouse
Harley-Davidson Fat Bob 2021: poder e estilo icônicos
Marcas repercutem vitórias no Moto de Ouro

Após a divulgação do novo plano global, a Harley-Davidson do Brasil mais uma vez reafirmou seu compromisso com o mercado nacional e confirmou sua estratégia para o país, com foco em uma rede otimizada de concessionárias. Essa reestruturação deixou 19 pontos de vendas em todas as regiões do país, número menor do que as 26 unidades que existiam por aqui em 2020. O Sudeste segue como a região com concessionárias da marca (10), enquanto Norte e Nordeste terão apenas uma loja. São elas:

São Paulo (SP): Autostar Harley-Davidson (Nações Unidas) e Autostar Harley-Davidson (Avenida Europa)
Campinas (SP): Tennessee Harley-Davidson
Itupeva (SP): Tennessee Highway Harley-Davidson
Sorocaba (SP): Sorocaba Harley-Davidson
Ribeirão Preto (SP): Ribeirão Preto Harley-Davidson
Rio de Janeiro (RJ): Rio Harley-Davidson e Rio II Harley-Davidson
Belo Horizonte (MG): BH Harley-Davidson
Uberlândia (MG): Uberlândia Harley-Davidson
Curitiba (PR): The One Harley-Davidson
Londrina (PR): Red Wheel Harley-Davidson
Florianópolis (SC): Floripa Harley-Davidson
Porto Alegre (RS): IESA Harley-Davidson
Brasília (DF): Brasília Harley-Davidson
Goiânia (GO): Umuarama Harley-Davidson
Campo Grande (MS): Rota 67 Harley-Davidson
Salvador (BA): New Bahia Harley-Davidson
Manaus (AM): Amazonas Harley-Davidson

Com menos lojas, Harley-Davidson assegura permanência no Brasil
Após reestruturação, Harley-Davidson ficou com 19 lojas no Brasil (Divulgação)

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter