Card image
Notícias
Chinesa QJ Motor prepara nova 650 aventureira

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 20/05/2022
  • Por: Guilheme Derrico

A QJ Motor registou uma patente para uma nova aventureira equipada com um motor V2. Visualmente, à primeira vista ela lembra a Moto Morini X-Cape 650, e deve disputar mercado contra a moto italiana e com a Suzuki V-Strom 650.

A Qianjiang é a empresa detentora das marcas QJ Motor e a Benelli. Já no ano passado surgiram algumas patentes sobre o novo motor 650 que chegou ao mercado com o nome de QJ Motor e não Benelli, como se especulava inicialmente. Porém, isso não significa que, num futuro próximo, não possa aparecer uma Benelli com este V-Twin, porque as duas grifes, às vezes, compartilham tanto a ciclística como motores nos seus modelos.

QJ Motor 650 V2: motorzão é o destaque

Ao contrário de outras motocicletas chinesas, algumas das quais não têm mercado na Europa, a QJ Motor se encaixa muito bem no nicho deste lado do mundo. Interessante no novo V2 é que este motor se parece bastante com o comprovado 650 V-twin da Suzuki. Em particular, a posição da bomba de água e a estrutura das cabeças dos cilindros lembram a SV 650.

Visualmente, esta QJ parece buscar inspiração na nova Aprilia Tuareg 660 e na Yamaha Ténéré 700, além dos modelos que já citamos mais no início do texto, com um tanque de combustível mais alto e a seção traseira baixa e confortável, com os suportes de alforje integrados.

No entanto, ela apresenta um motor um pouco mais potente, capaz de atingir 75 cv. Quanto ao peso seco, o V-Twin mostra na balança 219 kg. Os alforjes opcionais e top case adicionam 19 kg ao pacote.

A nova 650 V2 da QJ Motor deverá surgir no mercado com rodas raiadas ou de liga leve, bem como, com ou sem alforjes. Nas quatro versões, o tamanho das rodas será o mesmo, com 19 polegadas na dianteira e 17 na traseira (110/80R19 e 150/70R17).

Na ciclística encontramos um garfo invertido e um monoamortecedor traseiro. Os freios são Brembo com pinças de montagem radial e ABS. O modelo usa os mesmos retrovisores e protetores de mãos da Benelli TRK502.

A novidade da QJ Motor deve chegar ao mercado europeu em meados do segundo semestre. E a fabricante chinesa vem aos poucos dando indícios de que está se preparando para se tornar uma marca global. Um deles é No compromisso com a equipe Avintia da Moto3, que passou a se chamar oficialmente QJ Motor Avintia Racing Team, e tem os pilotos Matteo Bertelle e Elia Bartolini na disputa da categoria de entrada do Mundial de Motovelocidade.

Será que a chinesa QJ Motor e seus produtos ocupariam posição de destaque no mercado brasileiro? Deixe sua opinião na área de comentários.

  • QJ Motor 650 V2, uma nova Adventure vem aí

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Conteúdo Recomendado

Comentários