Card image
Notícias
Cagiva volta em 2021 com motos elétricas

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 12/02/2020
  • Por: Willian Teixeira

A Cagiva, tradicional fabricante italiana que está inativa desde 2012, voltará a produzir motos a partir de 2021. Quem fez a afirmação foi Timur Sardarov, presidente da MV Agusta, atual detentora da marca. De acordo com o executivo, o foco será a fabricação de motocicletas elétricas com zero emissão de poluentes e totalmente voltadas à mobilidade urbana.

“Não vamos fazer scooters, e sim, motos fáceis de dirigir e com motores abaixo de 4kW. No momento ninguém consegue ter lucro produzindo motos acima desse limite”, afirmou Sardarov em entrevista à MOTOCICLISMO Itália. O executivo ainda destacou que em até 7 anos será economicamente sustentável produzir motos equivalentes, em termos de desempenho, às com motor de 350 cm³.

Motos Cagiva
Cagiva volta ao mercado em 2021 com motos elétricas

Veja também:
Kymco revela conceito elétrico RevoNEX em Milão
Moto elétrica anti-acidente é premiada na CES 2020
Harley-Davidson inicia vendas da elétrica LiveWire

Fundada em 1950 como uma fabricante de peças de metal, a Cagiva começou a produzir motocicletas em 1978. O nome é a junção das iniciais de Giovanni Castiglione, fundador da marca, e Varese, a cidade onde ela foi fundada.

Um de seus modelos de maior sucesso é a Elefant, vencedora do Dakar nos anos 1980. A marca de Varese também tinha muita tradição no motocross, além de ter

Cagiva Elefant
Cagiva Elefant fez sucesso no Rally Dakar nos anos 1980