Card image
Notícias
Brasil é o oitavo país que mais produz motos no mundo

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 12/07/2017
  • Por: Carlos Bazela

O Brasil é atualmente o oitavo país que mais produz motocicletas no mundo. Para se ter uma ideia, em 2015, nós ocupávamos o quinto lugar no ranking. De acordo com dados divulgados pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), mesmo com a previsão de 910 mil motos produzidas no País em 2017, ainda ficamos abaixo do sétimo colocado, as Filipinas, que encerrou o ano passado com 1.041.000 unidades que saíram das linhas de produção.

CUBs, scooters e ciclomotores dominam as ruas asiáticas

A lista ainda reservou outras surpresas. A Indonésia e o Vietnã aparecem na terceira e na quarta colocações, com 4.598.000 e 3.000.000 de motos produzidas, respectivamente. Já no quinto lugar, agora está a Tailândia, com 1.820.000 unidades e, em sexto, Taiwan, com 1.217.000. Vale lembrar que este último país é a terra natal de modelos vendidos aqui pela Dafra motos, como o Citycom 300i e a Next 250.  Nas duas últimas posições entre os dez mais, estão Japão (564.000) e Malásia (396.000).

O scooter Citycom 300i, criado pela Sym e vendido no Brasil pela Dafra

Mas afinal, qual é o país que mais produz motos no mundo? Se você respondeu China, errou. O gigante asiático fechou o ano passado com 16.821.000 unidades finalizadas e ficou atrás da Índia, que lidera o ranking com (18.830.000). Nos países do sudeste asiático, aliás, os modelos que mais circulam são CUBs e ciclomotores, por conta do baixo custo. Mas também há espaço para as city de baixa capacidade cúbica, como a Karizma ZMR, fabricada pela indiana Hero e com motor monocilíndrico de 223 cm³.

A miniesportiva indiana Karizma ZMR da Hero

Texto: Carlos Bazela Fotos: Divulgação e iStock photos

Conteúdo Recomendado

Comentários