Card image
Notícias
BMW S 1000 RR 2021 ganha nova cor no Brasil

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 23/02/2021
  • Por: Willian Teixeira

A superbike BMW S 1000 RR ganhou mais uma opção de cor no mercado brasileiro. Agora a esportiva alemã, que é produzida na fábrica de Manaus, também pode ser adquirida com pintura na cor preta metálica com detalhes em vermelho, além dos tons que já eram oferecidos por aqui: prata metálico e tricolor motorsport.

Referência em performance, a BMW S 1000 RR foi uma das esportivas mais emplacadas em 2020, contabilizando 932 emplacamentos no acumulado do ano passado, de acordo com o relatório da Fenabrave. A moto é equipada com um motor de quatro cilindros em linha com 999 cm³ que entrega potência máxima de 207 cv a 13.500 rpm e torque máximo de 11,5 kgf.m de torque em 11.000 giros, com oferta de torque superior a 10,1 kgf.m disponível entre 5.500 e 14.500 rpm.

Veja também:
Sob nova direção, Buell está de volta ao mercado
Bimota mostra Tesi H2 Carbon Edition em março
BMW S 1000 R vence Moto de Ouro entre as Naked

A tecnologia BMW ShiftCam permite que a esportiva alemã possa extrair máxima potência e torque, não apenas em faixas altas de rotação, mas sobretudo em faixas baixas e médias de giro, oferecendo aceleração mais uniforme em saídas de curva fechadas, prolongando a vida útil dos pneus e possibilitando que o piloto use melhor o chassi. Com isso, a entrega de potência e de torque é mais uniforme e linear.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Um painel de instrumentos em TFT de 6,5 polegadas mostram informações como os modos de pilotagem disponíveis, que se baseiam em quatro tipos: Rain, Road, Dynamic e Race. Há também a opção Modo Pro com configurações adicionais de pilotagem (Race Pro 1-3), recursos de Controle de Tração, Limitador de Pit-Lane para controlar a velocidade e Shift Assistant Pro, que permite realizar mudanças rápidas de marcha sem precisar acionar a embreagem.

A S 1000 RR está disponível nas lojas da fabricante alemã partindo de R$ 110.500. Apesar de seu preço relativamente alto, a moto vem agradando aos brasileiros. visto que, como falamos um pouco mais acima, ela contabilizou 932 unidades emplacadas em todo o ano de 2020, e em janeiro de 2021 já foram 66 unidades lacradas no país. Você é fã desta superbike alemã? Deixe sua opinião nos comentários!