Card image
Notícias
BMW revela versão da R18 com o inédito motor

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 24/05/2019
  • Por: Marcelo Barros

Já não é novidade que a BMW trabalha em uma custom com inédito motor boxer 1.800. A fabricante alemã já apresentou dois conceitos com esse motor, em diferentes customizações. Agora a BMW apresenta mais uma versão do conceito, batizado de R18 – onde o R indica o uso do motor boxer e 18 indica a cilindrada, no caso, em torno de 1.800 cm³.

O conceito R18 traz muita inspiração das primeiras motos da marca, super clássica, retrô, com destaque obviamente para o novo motor boxer, de maior cilindrada da BMW. Houve uma preocupação da marca nessa nova versão em deixar o inédito motor bem aparente. É proposital.

Veja também:
Opinião: Como quebrar um paradigma da moto?
A importância da moto na mobilidade urbana
Triumph Scrambler 1200 é off-road raiz, veja nossas impressões

Acreditamos que essa versão do conceito seja mais próxima de uma esperada versão final – apesar de ainda faltarem muitos itens obrigatórios de uma moto de rua – pelos itens escolhidos e o nível de acabamento. A R18 tem roda 21″ na dianteira, e roda 18″ na traseira com perfil largo, ambas raiadas. Na traseira ‘rabo duro’, inspirada nas primeiras motos BMW, um monoamortecedor central, abaixo do assento monoposto.

“Com sua estética clara e aberta, o BMW Motorrad Concept R18 incorpora para mim o que o motociclismo, em essência, é realmente sobre. É tudo sobre sentir, em vez de pensar, sobre usar tecnologia para auto-realização, em vez de dar espaço para a imaginação. Esta moto conceito apela para algo no fundo – você só quer apenas pegar ela e ir embora. Mas quando você volta, não basta colocá-lo na garagem e ir embora – você se vira para ela e dá o último olhar de despedida ”, explica Edgar Heinrich, chefe da BMW Motorrad Design.

Heinrich também comentou sobre a demanda atual por motos cada vez menos tecnologias, mais simples e autênticas. “Para mim, motos como o BMW Motorrad Concept R18 são resposta a uma necessidade crescente entre a comunidade do motociclismo: em vez de tecnologia, o foco aqui é na simplificação e autenticidade.

“O nosso objetivo com esta moto conceitual é atender a essa necessidade e transformá-la em uma declaração analógica na era digital. Temos uma rica história de motocicletas icônicas e todas elas possuem as mesmas características de design. Acreditamos que isso ainda pode funcionar bem hoje com a tecnologia atual ”, completou o chefe de design BMW.

Esse conceito explora um novo caminho na BMW e é mais um dos que esperamos em versão final na próxima edição do Salão de Milão, em novembro. O que você achou dessa custom alemã?

Conteúdo Recomendado

Comentários