Card image
Notícias
Bimota Tesi H2 está pronta e será entregue em outubro

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 16/09/2020
  • Por: Alexandre Nogueira

Bimota Tesi H2 para as ruas finalmente é mostrada e as primeiras unidades serão entregues a partir de outubro de 2020. A tradicional marca italiana anuncia a chegada de um novo capítulo da revolucionária motocicleta esportiva, baseada no motor sobrealimentado da Kawasaki, visto pela primeira vez na Ninja H2.

Apresentada durante a edição 2019 do Salão de Milão EICMA, a Bimota Tesi H2, representa hoje o renascimento da gloriosa marca premium italiana, o primeiro fruto da união do construtor artesanal de Rimini com a japonesa Kawasaki.

Veja também:
Ducati Monster deve ter chassi renovado em 2021
Opinião: a regulamentação dos corredores avança, mas não evolui
Pilota crava recorde de velocidade com LiveWire. Assista!

“A revolução continua” é o slogan da empresa, e com base nisso, Pierluigi Marconi, designer da Tesi H2 comenta:
“Finalmente meu sonho se realiza, a tese de filosofia inovadora da Bimota foi incrivelmente melhorada com a alta qualidade da Kawasaki. O desempenho e a lendária qualidade dos motores Kawasaki, juntamente com a capacidade de usar todos os controles eletrônicos fornecidos pela Kawasaki completam o projeto Tesi H2, que tem como característica essencial ter um chassi centralizado composto por peças de liga de alumínio completas que se desenvolvem ao redor do motor e, assim, ajudam a centralizar as massas em torno do mesmo motor de 4 cilindros sobrecarregado da Ninja que libera uma incrível quantidade de energia. O sistema de direção integrado ao cubo também caracteriza a Tesi H2, diminuindo mecanicamente o afundamento na frenagem e garantindo ao motorista uma experiência de condução estável e controlada. A Bimota gostaria de apresentar aos clientes de todo o mundo o potencial do projeto Tesi H2 como uma bicicleta inovadora que é incomparável no mercado.”

Pequenas peças de alumínio precisamente usinados em cada lado do motor suportam a estrutura frontal, com uma carenagem de fibra de carbono e praticamente sem chassi, é declarado um peso seco de apenas 207 kg, 30 kg a menos que a Kawasaki Ninja H2, e com uma potência de 231 cv, a relação peso/potência é de excelentes 0,89 kg/CV.

A qualidade de construção é impecável e utiliza os melhores componentes, como seus três amortecedores (um dianteiro e dois traseiros top de linha da Öhlins), sistema de freios Brembo Stylema com discos de 330 mm, a posição de pilotar é ajustável com uma altura variável do assento em 20 mm graças a um excêntrico, e também das pedaleiras e alavancas de freio e embreagem, o painel TFT multicolorido é personalizável.

A Bimota Tesi H2 será distribuída inicialmente no mercado europeu a partir de 1º de outubro, e logo após as vendas serão expandidas para outros mercados. A produção será na fábrica da Bimota em Rimini com uma edição limitada de 250 unidades, cada uma com placa de identificação e número de chassi exclusivos, por estratosféricos 64.000 euros.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]