Card image
Notícias
Abraciclo realiza coletiva em BH

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 30/03/2012
  • Por: admin

Abrindo a terceira edi&ccedil;&atilde;o da Motofair 2012, em Belo Horizonte, a Associa&ccedil;&atilde;o Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo realizou uma coletiva onde apresentou seu plano de a&ccedil;&atilde;o, em rela&ccedil;&atilde;o &agrave; seguran&ccedil;a e a vida dos motociclistas e seu contexto, aproveitando para apresentar tamb&eacute;m sua nova campanha de conscientiza&ccedil;&atilde;o: &ldquo;Eu tenho a cabe&ccedil;a feita! E Voc&ecirc;?&rdquo;, em alus&atilde;o &agrave; &ldquo;D&eacute;cada de A&ccedil;&otilde;es de Seguran&ccedil;a no Tr&acirc;nsito&rdquo;, promovida pela ONU &ndash; Organiza&ccedil;&atilde;o das Na&ccedil;&otilde;es Unidas.<br /><br />A coletiva foi dirigida pelo novo diretor executivo da associa&ccedil;&atilde;o, Jos&eacute; Eduardo Gon&ccedil;alves, que assumiu o posto ha dois meses. Na ocasi&atilde;o Gon&ccedil;alves trouxe um panorama do cen&aacute;rio nacional, economia e expectativas de crescimento para este ano. O tema inclus&atilde;o social tamb&eacute;m foi explanado &aacute; finco, visto que Belo Horizonte det&eacute;m a segunda maior frota de motocicletas do pa&iacute;s, atr&aacute;s apenas de S&atilde;o Paulo. No &acirc;mbito nacional, foram investidos cerca de R$ 325 milh&otilde;es em 2011 em amplia&ccedil;&otilde;es e instala&ccedil;&otilde;es, gerando 40 mil empregos diretos e indiretos.<br /><br />Na regi&atilde;o sudeste, Belo Horizonte &eacute; a cidade que possui a maior discrep&acirc;ncia no quesito habilitados x frota. Segundo dados do Denatran, a cidade tem um &iacute;ndice de 118% de frota maior do que habilitados. &ldquo;Esse &eacute; o grande problema do estado Minas Gerais&rdquo; afirmou incisivamente Jos&eacute; Eduardo Gon&ccedil;alves.<br />Entre cen&aacute;rios regionais, a Abraciclo ressaltou a todo tempo sua preocupa&ccedil;&atilde;o em rela&ccedil;&atilde;o &agrave; seguran&ccedil;a dos motociclistas, citando programas em que j&aacute; vem sendo desenvolvidos em diferentes cidades como o Motocheck-up, que j&aacute; realizou 15 edi&ccedil;&otilde;es, e o Centro Educacional Paulistano de Motociclistas &ndash; Cepam.<br />Estimativas para 2012<br /><br />Jos&eacute; Eduardo Gon&ccedil;alves, em tom de satisfa&ccedil;&atilde;o apontou dados de expectativas do crescimento do mercado das duas rodas no Brasil. Seguindo a tend&ecirc;ncia do crescimento observado no &uacute;ltimo trimestre, estima-se uma proje&ccedil;&atilde;o de crescimento de 5% na produ&ccedil;&atilde;o, j&aacute; para exporta&ccedil;&atilde;o, 34%. Espera-se tamb&eacute;m que as vendas no mercado interno (atacado) cres&ccedil;am em 5%. <br /><br />O diretor executivo explanou ainda sobre o perfil de vendas no pa&iacute;s, onde aponta que em 2011, 52% das compras de motocicletas s&atilde;o feitas por financiamentos, 27% por cons&oacute;rcio e 21% &agrave; vista.

Conteúdo Recomendado

Comentários