Card image
Especiais
Yamaha R1 de volta ao Mundial de Superbike

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 23/09/2015
  • Por: admin

<p><img alt="Depois de um ano sendo testada em várias competições, a nova R1 irá encarar o Mundial de Superbike" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/r1_superbike_620x467.jpg" style="margin: 0px auto; display: block; width: 620px; height: 467px;" /></p>

<p>O que todos esperavam, com o lançamento da nova R1, se concretizou. A Yamaha declarou oficialmente seu retorno ao Campeonato Mundial de Superbike na temporada de 2016.</p>

<p>A confirmação veio depois que a Yamaha sabiamente testou o potencial de sua moto em outras classes e competições, incluindo as de longa duração, para então dar a Yamaha Europa, a confiança de partir para a mais competitiva e importante competição da qual uma moto produzida em série pode participar, o Mundial de Superbike.</p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Quem ajudará a Yamaha neste retorno e na busca pela conquista do mundial é a equipe Crescent Racing. Com vasta experiência neste tipo de competição, a Crescent será responsável por conduzir as operações da equipe, enquanto que a Yamaha se concentrará nas estratégias de corrida e no desenvolvimento da R1.</span></p>

<p><img alt="Guintoli e Lowes serão os pilotos da Equipe Yamaha, enquanto que o patrocinador principal, será a PATA" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/r1_superbike1_620x467.jpg" style="margin: 0px auto; display: block; width: 620px; height: 467px;" /><span style="line-height: 1.6em;">Os escolhidos para pilotar a nova Yamaha R1 no mundial de Superbike são os experientes pilotos Sylvain Guintoli e Alex Lowes, já o patrocinador principal, também confirmado, será a companhia italiana PATA Snacks.</span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Segundo o Chefe de Operações da Yamaha Europa, Eric de Seynes, “Este é um momento muito empolgante para nós, já que ficamos fora do WSB por quatro anos”, e completa: “com a nova R-1 desenvolvida com tecnologia do MotoGP, ficou claro que precisaríamos retornar ao Mundial para mostrar todo o potencial dessa moto.”</span></p>

<p>“Ficamos um ano aumentando nossa experiência com a nova R1 em muitos outros campeoantos onde a moto nos comprovou seu potencial, incluindo a incrível 8 horas de Suzuka onde vencemos”.</p>

<p>Assista um trecho da corrida 8 Horas de Suzuka:</p>

<p><iframe allowfullscreen="" frameborder="0" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/L1bUkKK-y6U" width="560"></iframe></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários