Card image
Especiais
Veja os sete scooters mais emplacados até agosto

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 10/09/2020
  • Atualizado: 11/09/2020 às 8:41
  • Por: Willian Teixeira

De acordo com o último relatório apresentado pela Fenabrave (o do mês de agosto), scooter e CUB representam o segundo segmento com maior participação no mercado brasileiro, respondendo por 33,89% do total de motocicletas emplacadas entre janeiro e agosto. Ele perde apenas para as City – motos mais usadas para trabalho e deslocamentos urbanos, segmento que conta com modelos como Honda CG 160 e Yamaha Fazer 250, com 40,57% de participação no mesmo período.

No acumulado entre janeiro e agosto tivemos 531.456 motocicletas emplacadas. Juntas, as 10 CUB e scooter mais emplacadas totalizaram 179.133 unidades, contra 214.365 motos do segmento City. Os dois segmentos respondem por mais de 70% dos emplacamentos no Brasil até o momento.

Scooter e CUB representam o segundo segmento com mais emplacamentos no Brasil
Scooter e CUB representam o segundo segmento com mais emplacamentos no Brasil (Divulgação)

Dentre os 10 modelos mais emplacados na categoria que reúne CUB e scooter, três são do primeiro tipo e sete do segundo. Em 2019 a participação dos scooter teve um crescimento, fato que deve se repetir em 2020. Eles respondem por 34.800 unidades na divisão feita pela Fenabrave, um número relativamente pequeno se comparado com os registrados pelas CUB que são verdadeiros fenômenos de vendas: a Honda Biz e a Pop 110i, segunda e terceira motos mais emplacadas no ano. A primeira lacrou 79.387 unidades, ou seja, mais de 40% do segmento, enquanto a segunda teve 49.191 unidades emplacadas. Perdendo apenas para a Honda CG, líder geral de vendas do ranking com 152.628 emplacamentos em 2020.

Representante dos CUB, Honda Pop 110i acumula mais de 40 mil emplacamentos em 2020 (Renato Durães)

Apesar desse número parecer pequeno, o segmento dos scooter tem potencial para apresentar um novo crescimento em 2020, como falamos anteriormente, pois estão se tornando uma boa opção para novos motociclistas, já que os scooter são dotados de câmbio tipo CVT automático e possuem espaço sob o banco para transportar de volumes, favorecendo a rotina de quem quer uma moto para usar no dia a dia na cidade.

Você é proprietário de scooter? Gosta do segmento? Deixe seu comentário no final do texto. E confira abaixo quais foram os sete scooters mais emplacados entre janeiro e agosto de 2020, segundo o relatório da Fenabrave:

7º Haojue Lindy 125: 833

Scooter Haojue Lindy
Haojue Lindy 125 (Divulgação)

Yamaha XMax: 1.557

scooter Yamaha XMax
Yamaha XMax 250 ABS (Renato Durães)

Honda SH 150: 2.187

Honda SH 150i (Divulgação)

4º Yamaha Neo 125: 6.424

Yamaha NEO 125 (Divulgação)

3º Honda Elite 125: 8.027

scooter Honda Elite 125
Honda Elite 125 (Divulgação)

2º Yamaha NMax: 8.038

scooter Yamaha NMax
Yamaha NMax 160 (Divulgação)

1º Honda PCX: 15.761

scooter Honda PCX
Honda PCX 150 ABS Sport (Divulgação)

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

[Fancy_Facebook_Comments_Pro language="pt_BR"]