Card image
Especiais
Conheça cinco motos históricas da Harley-Davidson

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 09/06/2020
  • Por: Willian Teixeira

Desde 1903, a Harley-Davidson Motor Company tem entre seus propósitos realizar sonhos de liberdade pessoal e liderar a inovação da mobilidade no setor de duas rodas. Ao longo de seus 117 anos, a Casa de Milwaukee ofereceu inúmeras motocicletas para vários segmentos, e muitos modelos icônicos deixaram um rico legado na história da fabricante norte-americana.

Harley-Davidson, moto, moto elétrica, LiveWire, Livewire, conceito, bicicleta elétrica, H-D, Harley, CES, Consumer Electronics Show, Las Vegas, Revolution, Matt Levatich, scooter, Milwaukee, Ultra Limited, preço, motociclismo, Revista Motociclismo, Motociclismo Online
Lançada em 2018, LiveWire é a primeira moto elétrica da da Harley-Davidson (Divulgação)

Veja também:
O que mudou no mercado de motos com a Covid-19
Marcas realizam ações especiais de vendas em junho
A audiência da Motociclismo cresceu ainda mais

Abaixo você vê cinco desses modelos, listados em ordem cronológica, que possuem uma grande importância no legado da Harley-Davidson para o universo motociclístico mundial:

Model 5-D

Com apenas 27 unidades, a motocicleta de 1909 foi a primeira equipada com o motor V-Twin.

Veja cinco motos históricas da Harley-Davidson
Harley-Davidson Model 5-D, de 1909 (Arquivo/Harley-Davidson Motor Company)

Além disso, a Model 5-D também estabeleceu o formato de 45 graus dessa usina refrigerada a ar. Por isso, merece destaque nesta lista.

EL Knucklehead

Datada de 1936, ela estreou no mercado durante o auge da Grande Depressão, oferecendo estilo e desempenho de uma “supermotocicleta”. A Knucklehead direcionou os cabeçotes de cilindro com válvulas suspensas para a produção em massa, estabelecendo um padrão para o desempenho do V-Twin, que é mantido até hoje no motor Milwaukee-Eight.

Veja cinco motos históricas da Harley-Davidson
EL Knucklehead, de 1936 (Arquivo/Harley-Davidson Motor Company)

Com design atemporal, os modelos EL destacam-se com seu tanque, paralamas, comandos, acabamentos e grafismos, que ainda parecem atuais em pleno Século XXI.

Low Rider

Em 1971, a Super Glide foi a primeira motocicleta da Harley-Davidson a combinar o chassi do Big Twin com a estreita extremidade frontal da Sportster, criando o clássico perfil de uma cruiser customizada.

Veja cinco motos históricas da Harley-Davidson
Low Rider, de 1977 (Arquivo/Harley-Davidson Motor Company)

Alguns anos depois, mais precisamente em 1977, esses elementos deram a identidade da Low Rider, uma moto despojada a ponto de só conservar seus elementos mais essenciais. Ela voltou a integrar o line-up da marca. Inclusive a MOTOCICLISMO já teve a oportunidade de andar na Low Rider S, um dos destaques da linha 2020 da Harley-Davidson.

FLT Tour Glide

O modelo não é muito cultuado pelos entusiastas da Casa de Milwaukee, mas tem muita importância na história da marca. Em 1980, a Tour Glide FLT introduziu diversos recursos tecnológicos importantes que continuam sendo padrão nos modelos Touring até hoje, incluindo a primeira carenagem da Harley-Davidson montada no quadro.

Veja cinco motos históricas da Harley-Davidson
1980 FLT Tour Glide (Arquivo/Harley-Davidson Motor Company)

Além disso, o motor e a transmissão aparafusados juntos em uma única unidade e suportes de motor com isolamento de borracha reduzem as fortes vibrações sentidas pelo motociclista e pelo passageiro. Seu estilo era ousado para a época, mas a carenagem nariz de tubarão se tornou tão reconhecível nas estradas quanto a icônica carenagem batwing.

Softail

Em 1984, a Softail original lançou uma plataforma bem-sucedida. Ela ajudou a introduzir o motor Evolution, que ajudou a salvar a empresa em um de seus momentos de maior dificuldade.

Harley-Davidson 1984 Softail (Arquivo/Harley-Davidson Motor Company)

O chassi da Softail combina a silhueta limpa de uma clássica estrutura de traseira rígida que incorpora uma suspensão altamente competente mantida fora do alcance da visão.