Card image
Especiais
Veja as motos mais vendidas em outubro

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 05/11/2021
  • Por: Willian Teixeira

As vendas de motos tiveram uma desaceleração em outubro sobre setembro, mas apresentaram um crescimento quando comparadas com o resultado do mesmo mês do ano passado, segundo o relatório apresentado pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave.

No último mês foram emplacadas 97.023 motocicletas novas contra 108.839 em setembro, uma queda de 10%. Já em relação a outubro de 2020, quando foram registradas 96.154 unidades, o resultado corresponde a um crescimento de 0,9%.

Veja as motos mais vendidas em outubro

Apesar do recuo na comparação mensal, o relatório da Fenabrave mostra um forte crescimento nos emplacamentos no total acumulado em 2021. De janeiro a outubro foram licenciadas 938.489 motocicletas, alta de 29% sobre as 727.224 unidades registradas em igual período de 2020.

A palavra da Fenabrave sobre o segmento de motos

O presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, destaca que as altas seguidas nos custos dos combustíveis, o aumento nos serviços por delivery e a procura por um transporte individual e econômico estão entre os fatores que mantêm a demanda por motos aquecidas.

Leia mais:
Husqvarna apresenta Norden 901, sua primeira moto bicilíndrica
Final do Arena Cross acontece neste mês
Motor Road comemora um ano de história com festa e passeio

“A baixa nas vendas ainda é reflexo da oferta menor de produtos, mas, a partir de agora, também temos que ficar atentos à alta nas taxas de juros e à maior seletividade do crédito, que pode impactar, negativamente, na demanda. Hoje, a aprovação de crédito para o segmento, se mantém em 4,8 aprovações para cada 10 propostas enviadas”, destaca o executivo.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– 
Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Segundo a Fenabrave, o agendamento de entregas de motos ao consumidor gira entre 90 e 120 dias. A entidade acredita que a situação deve se normalizar em meados de 2022. “Os emplacamentos de todos os segmentos automotivos vêm oscilando de acordo com o fluxo de produção. A demanda se mantêm alta por parte do consumidor, mas há segmento em que a espera pode levar meses por causa dos baixos estoques das concessionárias, que não estão conseguindo ter todos os pedidos atendidos pelas fábricas devido à falta de componentes”, conclui Assumpção Junior.

O mercado por marcas

A Honda lidera a participação por marcas, com 80,9% do mercado brasileiro e 78.509 motos emplacadas em outubro. Na sequência aparecem Yamaha (12,4% do mercado e 12.057 emplacamentos) e Shineray (1,5% do mercado e 1.416 unidades).

Confira, a seguir, as motos mais emplacadas de cada segmento em outubro

Veja as motos mais vendidas em outubro

CITY – Honda CG 160: a moto mais vendida do Brasil teve 27.687 unidades emplacadas em outubro. No acumulado do ano são 25.093 motos registradas.

Veja as motos mais vendidas em outubro

CUSTOM – Royal Enfield Meteor: a novidade da marca mais antiga do mundo em produção contínua soma 372 emplacamentos em outubro e 1.702 no acumulado do ano.

Veja as motos mais vendidas em outubro

CLÁSSICA – Royal Enfield Interceptor: com novas cores para a linha 2022, a mais “comportada” das Twins teve 47 emplacamentos em outubro. Já no acumulado do ano são 1.189 unidades.

Veja as motos mais vendidas em outubro

TRAIL – Honda NXR 160 Bros: a dual purpose baseada na CG 160 soma 11.837 emplacamentos em outubro e 103.937 no acumulado do ano.

Veja as motos mais vendidas em outubro

MAXITRAIL – Triumph Tiger 900: a aventureira inglesa superou a BMW R 1250 GS e ficou com a liderança da categoria em outubro, com 324 unidades emplacadas. Mas no acumulado do ano a alemã leva a melhor, com 3.932 motos emplacadas contra 2.770 da moto da Triumph.

Veja as 20 motos mais emplacadas em setembro

NAKED – Yamaha MT-03: a menor moto da gama brasileira da família Master of Torque soma 795 emplacamentos em outubro e 8.239 no acumulado do ano.

Veja as motos mais vendidas em outubro

CUB – Honda Biz: juntas, as versões 110 e 125 totalizam 14.297 emplacamentos em outubro. Já no acumulado do ano são 128.019 unidades registradas.

SCOOTER – Honda Elite: o modelo de entrada superou o “irmão maior” PCX e ficou com a liderança da categoria, com 2.438 unidades emplacadas em outubro. Já no acumulado do ano, ele aparece no 2º lugar do segmento, com 17.274 registradas, contra 23.632 emplacamentos do PCX.

SPORT – Yamaha YZF-R3: líder em seu segmento, a esportiva da marca dos diapasões teve 181 unidades emplacadas em outubro. Já no acumulado do ano foram registradas 1.851 motos.

TOURING – Harley-Davidson Road Glide Limited: a estradeira da marca norte-americana teve 28 motos emplacadas em outubro. No acumulado do ano são 211 unidades registradas.

Conteúdo Recomendado

Comentários