Card image
Especiais
Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre

7 Minutos de leitura

  • Publicado: 06/04/2021
  • Atualizado: 08/04/2021 às 11:33
  • Por: Willian Teixeira

O mercado de motos registrou 62.290 unidades emplacadas em março, o que representa a uma baixa de 17,38% sobre o mesmo mês de 2020, quando foram comercializadas 75.392 unidades. As informações são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave.

Apesar da queda em relação ao mesmo mês de 2020, o número de motos emplacadas em março cresceu 8,47% na comparação com os emplacamentos de fevereiro, que contabilizaram 57.426 unidades licenciadas. Já no acumulado do 1º trimestre de 2021, os emplacamentos de motocicletas somaram 205.553 unidades, resultado que corresponde a uma queda de 16,75% sobre as 246.920 unidades comercializadas em igual período de 2020.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Apesar do avanço sobre fevereiro, emplacamentos de motos recuaram no trimestre e em relação a 2020 (Arquivo)

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– 
Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Para o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o mercado de motocicletas segue aquecido apesar da pandemia, mas ainda há impactos específicos na produção que estão afetando o abastecimento nas concessionárias. “A indústria vem se recuperando aos poucos, mas devido a essas dificuldades, muitas vendas estão com programação para até 60 dias”, comenta o executivo, que lembra que as motos vem se consolidando como alternativa de transporte individual e de trabalho. O presidente da Fenabrave também destaca que o crédito está favorável para quem pretende adquirir uma moto financiada: “São aprovadas 4,7 propostas para cada 10 enviadas aos bancos”.

O mês de março teve alta de 8,28% nos emplacamentos de veículos automotores em relação ao mesmo mês de 2020, chegando a 269.944 unidades vendidas contra 249.357 em março do ano passado. Apesar dos resultados positivos de março, o saldo do primeiro trimestre foi de queda de 6,55% no acumulado de janeiro a março/2021, quando foram emplacadas 786.083 unidades, contra 841.173 veículos, comercializados no primeiro trimestre de 2020.

A Fenabrave ressalta que todos os segmentos automotivos seguem sofrendo com problemas de abastecimento de peças e componentes, além da paralisação da produção em algumas unidades por conta da pandemia. E em função das incertezas do momento, a entidade decidiu não rever as projeções para o ano de 2021 ao final deste 1º. trimestre. “Aguardaremos a evolução da pandemia e seu impacto no cenário econômico para podermos avaliar melhor as projeções e indicadores do setor, o que deve ocorrer até o final do 1º. semestre”, finaliza Alarico Assumpção Júnior.

Veja abaixo as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre de 2021

20º Shineray XY 50: o modelo da fabricante chinesa teve 1.825 unidades emplacadas no trimestre, sendo 600 em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Shineray XY 50

19º – Yamaha MT-03: moto de entrada da família Master of Torque no Brasil, a naked de 321 cm³ contabiliza 2.076 no trimestre e 656 em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Yamaha MT-03 (Divulgação)

18º – Yamaha YBR 125 Factor: a pequenina moto urbana da marca japonesa registrou 2.175 emplacamentos no trimestre, sendo 698 em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Yamaha YBR 125 Factor (Divulgação)

17º – Honda ADV: o novo scooter aventureiro contabilizou 2.175 emplacamentos no trimestre. Desse total, 1.330 foram realizados em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Honda ADV (Divulgação)

16º – Honda Elite 125: o scooter de entrada da marca da asa registrou 2.946 emplacamentos no trimestre e 422 em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Honda Elite (Divulgação)

15º – Yamaha YS150 Fazer: foram emplacadas 3.174 no último 1º trimestre, com 1.051 unidades licenciadas em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Yamaha Fazer 150 (Divulgação)

14º – Yamaha NEO 125: o scooter de entrada da Yamaha teve 3.218 emplacamentos no trimestre, sendo 1.135 em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Yamaha NEO 125 (Arquivo)

13º – Honda XRE 300: a trail da marca das asas da liberdade registrou 3.839 unidades emplacadas no trimestre e 872 em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Honda XRE 300 (Arquivo)

12º Yamaha XTZ 250 Lander ABS: a trail da marca dos três diapasões contabiliza 4.168 emplacamentos no trimestre, sendo 1.289 em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Yamaha XTZ 250 Lander ABS (Divulgação)

11º – Honda XRE 190: a irmã menor da XRE 300 teve 4.341 emplacamentos no trimestre. Desse total, 1.326 aconteceram em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Honda XRE 190 (Arquivo)

10º – Yamaha NMAX: o scooter de 160 cm³ da marca dos diapasões teve 5.501 unidades emplacadas no trimestre, sendo 1.789 delas registradas em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Yamaha NMAX (Renato Durães)

9º – Honda PCX: foram emplacadas 5.511 unidades do scooter da Honda no trimestre, 1.403 delas em março.

Veja as 20 motos mais emplacadas no 1º trimestre
Honda PCX (Renato Durães)

8º – Yamaha YBR 150 Factor: a city da marca dos três diapasões registrou 5.516 emplacamentos no trimestre e 2.013 em março.

7º – Yamaha XTZ 150 Crosser: a rival da Bros teve 5.819 unidades emplacadas no trimestre, sendo 2.063 delas em março.

Veja as 30 motos mais emplacadas em 2020
Yamaha XTZ 150 Crosser (Divulgação)

6º – Honda CB 250F Twister: a city de 250 cm³ da marca da asa registrou 5.938 emplacamentos no trimestre, 2.082 deles em março.

Honda CB 250F Twister (Divulgação)

5º – Yamaha Fazer 250: a rival da CB 250F Twister contabilizou 6.691 unidades emplacadas no trimestre, 2.172 delas em março.

Yamaha Fazer 250 ABS (Arquivo)

4º – Honda Pop 110i: muito usado para trabalho, o CUB da marca japonesa registrou 16.876 unidades emplacadas no trimestre, com 4.534 delas registradas em março.

Honda Pop 110i (Divulgação)

3º – Honda NXR 160 Bros: a trail da Honda registrou 20.665 unidades emplacadas no trimestre, sendo 6.242 deles no mês de março.

Honda NXR 160 Bros (Divulgação)

2º – Honda Biz: vice-campeão, o CUB da Honda registrou em suas duas versões 27.308 unidades emplacadas no trimestre, sendo 7.685 delas em março

Honda Biz (Divulgação)

1º – Honda CG 160: a líder em vendas no Brasil teve 56.013 unidades emplacadas no trimestre, com “apenas” 16.197 motos lacradas em março.

Honda CG 160 (Divulgação)

Participação por marcas no 1º trimestre

A Honda mantém a liderança quando o assunto é participação por marcas no mercado brasileiro. A fabricante contabilizou 149.732 emplacamentos no 1º trimestre de 2021 e 43.241 unidades emplacadas em março. Na sequência aparecem Yamaha (41.184 no trimestre e 13.848 em março), Shineray (2.341 / 795), BMW Motorrad (2.290 / 785) e Haojue (2.089 / 743).