Card image
Especiais
Pneus remoldados: risco iminente ao motociclista

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 29/10/2021
  • Por: Guilheme Derrico

Já ouviu falar de pneus remoldados? Desde o início da pandemia, ficou evidente que o uso da motocicleta se consolidou ainda mais como meio de transporte urbano. Segundo dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), de janeiro a setembro deste ano, foram licenciadas mais de 840 mil motos, alta de 33,3% em relação ao mesmo período de 2020.

Seja para percorrer trajetos de casa até o trabalho ou para realizar entregas de mercadorias, as motos tiveram um crescimento acelerado nos últimos meses, principalmente por conta da expansão do setor de Delivery. Com tantas motos circulando nas ruas e uma situação econômica delicada em todo o Brasil, pneus e manutenção preventiva em geral devem ter uma atenção especial.

Preço elevado leva à busca de pneus remodelados

O que leva muitos motociclistas a recorrerem a este tipo de pneus é exatamente o preço, que costuma ser mais barato do que os novos. No entanto, há razões de sobra para proibi-los.

“A primeira, e mais importante, é a segurança. Os pneus remoldados colocam a vida dos motociclistas em risco, pois geram total instabilidade e impossibilitam a dirigibilidade da motocicleta. Com isso, o risco de acidente é iminente, especialmente por ser um veículo com apenas dois pontos de contato com o solo”, explica Klaus Curt Müller, presidente da ANIP – Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos.

Leis nacionais proíbem o uso do artifício

Outro ponto a ser levado em consideração é a legislação para esses casos. O uso de pneus remoldados em motocicletas, motonetas e ciclomotores é proibido pela Resolução Contran 158, de 2004.

A mão de obra para preparar de tais produtos também é proibida pela Portaria Inmetro nº. 554/2015 que é a mesma que regulamenta a certificação do serviço de pneus de automóveis, ônibus e caminhão. “Isso significa que, além de ser um risco à segurança, esta prática é ilegal e o uso deste tipo de pneu também pode causar penalidade aos condutores. A multa é de R$ 195,23 e o motociclista perde cinco pontos na carteira”, ressalta Müller.

Testamos a nova Yamaha Fazer 250 2022

Experiência perigosa

Por experiência própria, posso afirmar que não vale a pena aderir a essa prática. Há muito tempo, resolvi usar os pneus remoldados como um teste, e confesso que foi uma péssima ideia, mas que valeu para conhecer na prática os riscos que eles oferecem. Em uma semana o pneu furou cerca de quatro vezes, o que além de gerar prejuízos financeiros, poderia ter me causado um acidente. Felizmente, sai ileso dessa saga!

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– 
Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

E você, já teve alguma experiência com pneus remoldados? Conta pra gente nos comentários.

Conteúdo Recomendado

Comentários