Card image
Especiais
Pilotando com vizinhança

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 07/07/2015
  • Por: admin

<p>As pessoas param para olhar, ficam curiosas e até pedem para tirar fotos junto. Basta você se deparar com uma motocicleta equipada com sidecar que ela vira o centro das atenções. Há alguns anos a Royal Enfield começou a montar suas motos equipadas com o charmoso carrinho lateral no Brasil, e é claro que entusiasmou toda a plateia tropical a comprar e a pilotar um exemplar com sidecar. Mas cuidado!</p>

<p>O “amigón” aqui já escutou relatos tenebrosos de experientes motociclistas que ao montar em uma moto “com vizinhança” quase foi parar nas páginas de um jornal sensacionalista qualquer com a manchete: “Acostumado a sair com duas, saiu com três e quase morreu!” — três rodas, é claro. Ou “Saiu sozinho e voltou acompanhado de motoboy!” — atropelado pelo sidecar, é claro. Depois de ouvir várias vezes o depoimento e histórias tragicômicas desse meu caro amigo, resolvi pesquisar vastamente e contar para vocês os cuidados a tomar caso um dia pilotem com o “compartimento lateral”, ocupado por vivente ou vazio!</p>

<p><img alt="Com sidecar, a moto não inclina… Em condições de uso normais!" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/cronica_motociclismo_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Simplesmente esqueça tudo que você sabe sobre ciclística, pois a moto se transforma em um animal totalmente diferente daquele que você conhece. Por exemplo, motos com sidecar devem ter o freio traseiro ligado a um freio da roda do sidecar (verifique antes de montar no bicho). Os freios funcionam muito bem em linha reta, mas em curvas podem ser um literal desastre, portanto acione-os somente em retas. Trinta segundos montado, e você percebe (às vezes assustado) que não pode deitar em curvas, como faz normalmente. Esqueça o contraesterço mas incline na mesma direção da curva, caso contrário você poderá ver o carrinho levantar, e possivelmente sua sogra, que ocupava o sidecar, passar voando por cima de você, atingindo dramaticamente (ou não) o chão no lado oposto. </p>

<p>Falando em levantar o carrinho, chamado também de “flying the chair”, pode ser divertido, desde que seja intencional(!), então siga algumas regras: faça-o com ele vazio (ou com algum desafeto!), e pratique essa técnica avançada em campo aberto, fazendo “oitos” e aumentando a velocidade. Sidecars funcionam melhor quando ocupados por seres humanos, por isso não leve o totó para passear com óculos de motociclistas. Se ele vir um gato, pássaro ou um da mesma espécie pode acabar com a graça e o charme do passeio. Caso não leve um passageiro, coloque um lastro no sidecar, algo como 45 kg para que o conjunto responda melhor. O pior a fazer é levá-lo vazio e com uma garupa atrás de você. O alinhamento do “monstrinho” também é importante. A motocicleta deve estar inclinada a três graus para o lado contrário do sidecar. </p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Sidecars não são baús nem porta-malas. Se você resolver fazer sua mudança nele, e carregar geladeira, máquina de lavar, armário, papagaio e televisão de 60 polegadas, provavelmente vai se mudar para o céu. Fora isso, coloque um capacete fashion, óculos escuros, companheiro(a) ao lado e… Keep riding! </span></p>

<p> </p>

Conteúdo Recomendado

Comentários