Card image
Especiais
Novas Triumph Tiger 900 GT Pro e Rally Pro são lançadas

5 Minutos de leitura

  • Publicado: 13/02/2020
  • Atualizado: 17/02/2020 às 15:11
  • Por: Alexandre Nogueira

A inglesa Triumph faz um evento de lançamento, no Marrocos, para a nova Tiger 900, um projeto totalmente renovado, com novo motor de três cilindros em linha e um novo chassi, redesenhado para torná-la mais fina, leve e acentuar suas aptidões fora de estrada.

Nova Triumph Tiger 900 Rally (Divulgação)

Além da Triumph Tiger 900 básica, agora também há as versões GT com roda de liga leve de 19 polegadas na dianteira e a Rally com roda raiada de 21 polegadas. As duas também estão disponíveis na versão Pro que é equipada com uma central de medição inercial IMU de seis eixos e componentes eletrônicos mais sofisticados.

Nova Triumph Tiger 900 GT (Divulgação)

Veja também:
Imagens oficiais da nova Ducati Superleggera V4
Yamaha XMAX tem preço justo e surpreende na pilotagem
Harley-Davidson comemora 30 anos da Fat Boy com edição limitada

O chassi continua com a estrutura em treliça de aço, mas agora utiliza canos mais finos e mais leves, diminuindo em 5 kg o peso da peça. A parte traseira agora é confeccionada em alumínio e é parafusada na estrutura principal.

O motor de três cilindros em linha é totalmente novo e agora tem 888 cm³, com 95,2 cavalos de potência a 8.750 rpm e com o torque de 8,8 kgf.m acordando mais cedo, nas 7.250 rpm, 800 rpm antes do motor de 800 cilindradas. O limitador está a 9.900 rpm.

Motor de três cilindros em linha totalmente renovado (Divulgação)

A suspensões são diferentes em cada modelo, com a Tiger 900 GT montando um conjunto Marzocchi com um garfo dianteiro invertido de 45 mm multiajustável com 180 mm de curso e um monoamortecedor com ajuste de pré carga da mola com 170 mm de curso. Já a Rally usa um conjunto de suspensão Showa também multiajustável, mas com 240 mm de curso para a roda dianteira e 230 mm de curso para a roda traseira.

Tiger 900: banco com regulagem de altura (Divulgação)

As novas Triumph Tiger 900 vem equipadas com freios Brembo, novos discos dianteiros flutuantes de 320 mm mordidos pelas pinças radiais Stylema, as melhores da atualidade, no lugar dos discos de 305 mm com pinças de dois pistões. Na traseira continua o disco único de 255 mm com pinça de pistão simples. Ambos os freios são auxiliados pelo sistema ABS.

As rodas raiadas da Tiger 900 Rally Pro montam pneus sem câmara nos tamanhos 90/90-21 na dianteira e 150/70-17 na traseira. A GT utiliza rodas de liga leve com a dianteira de 19 polegadas e a traseira de 17 polegadas.

Tiger 900 GT: rodas em liga leve (Divulgação)

As pedaleiras tem um acabamento de borracha removível, mas há diferença de posição entre os modelos. A Rally tem as pedaleiras mais para trás e um pedal de freio traseiro articulado, enquanto a GT tem as pedaleiras 30 mm mais à frente e o pedal do freio é fixo.

Acabamento de borracha removível (Divulgação)

A Triumph Tiger 900 básica vem equipada com suspensões convencionais apenas com regulagem da pré carga da mola no amortecedor traseiro e não dispõem do sistema ABS de curvas. O painel da versão básica é um TFT simples de 5 polegadas enquanto as versões GT e Rally vem com um painel TFT de 7 polegadas com quatro estilos diferentes de layout, dois de contraste e ainda quatro cores.

Parabrisas regulável manualmente e painel TFT (Divulgação)

As versões GT e Rally contam ainda com o sistema de conectividade My Triumph que conecta um smartphone via Bluetooth e permite gerenciar chamadas telefônicas, listas de reprodução de músicas, navegação e controle da GoPro, tudo acessado pelo joystick do punho esquerdo. Também fazem parte do pacote um quickshifter bidirecional e o monitoramento eletrônico da pressão dos pneus.

Joystick controla toda a eletrônica (Divulgação)

O tanque de combustível é maior que o da Tiger 800 e passa de 19 para 20 litros. O ajuste do parabrisas ainda é manual e o assento da Pro é aquecido. Ao lado da trava do assento há uma tomada USB e um soquete 12V.

Tanque comporta 20 litros (Divulgação)

A Triumph Tiger 900 está disponível apenas na cor branca, a GT e GT Pro nas cores vermelha, preta ou branca e as Rally e Rally Pro nas cores verde, preta ou branca. Os preços ainda não foram divulgados.

Novo farol mantém a identidade (Divulgação)

Como o Brasil é o país que mais vende a linha Tiger no mundo é bem provável que o lançamento chegue em breve em nossas terras, possivelmente ainda no primeiro semestre.