Card image
Especiais
Motos SWM, de malas prontas para o Brasil

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 24/05/2017
  • Por: admin

<p><strong>Em Biandronno, na Itália, a SWM Motorcycles anunciou seus planos de começar a operar no Brasil</strong> no segundo semestre, iniciando a venda das motos com uma loja em São Paulo — assim como a fez Royal Enfield.</p>

<p><img alt="SWM RS 300 R" height="350" src="http://motociclismoonline.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_swm_rs_300_r_620x350.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A representante no Brasil é a SU Trade, que tem como diretor José Eduardo Gatti. Chegam inicialmente quatro modelos: <strong>Grand Milano</strong>, <strong>Silver Vase</strong>, <strong>RS 300 R</strong> e <strong>RS 650 R</strong>, com preço estimado variando entre R$ 25 000 e R$ 31 000.</p>

<p><img alt="SWM Grand Milano" height="350" src="http://motociclismoonline.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/swm_moto_grand_milano_620x350.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A expectativa é que ela seja apresentada no <strong>Salão Duas Rodas, onde haverá um estande da SWM.</strong> As motos são 100% fabricadas na Itália e chegam ao Brasil no regime CBU (completamente montadas). A marca surgiu em 1971, o nome são as iniciais de Speedy Works Motors.</p>

<p><img alt="SWM Silver Vase, uma scrambler" height="350" src="http://motociclismoonline.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/swm_silver_vase_scrambler_620x350.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A empresa faliu e retornou em 2014 no Salão de Milão, sendo comandada por Ampelio Macchi, italiano com larga experiência e Daxing Gong, empreendedor chinês. Bem-vinda, SWM!</p>

Conteúdo Recomendado

Comentários