Card image
Especiais
Renomadas no exterior, desconhecidas no Brasil (parte 1)

7 Minutos de leitura

  • Publicado: 07/04/2020
  • Atualizado: 08/04/2020 às 8:09
  • Por: Alexandre Nogueira

O Brasil é um país de proporções continentais e por isso as motocicletas são um meio de transporte perfeito para todos nós. A história da motocicleta no Brasil começa no início do século passado, com a importação de motos europeias e americanas. Em 1918 havia 19 marcas rodando no Brasil, como as americanas Indian e Harley-Davidson, a inglesa Henderson, a alemã NSU a belga FN de 4 cilindros.

Muitas marcas famosas e renomadas da Europa e da Ásia produzem motocicletas de excelente desempenho e até novas marcas chinesas brigam de frente com os principais gigantes, dentre eles alguns já consolidados no Brasil, como Honda, Yamaha, Kawasaki, Suzuki, Ducati e BMW. Mas vários modelos não chegam ao nosso mercado, por conta dos custos elevados de produção para produzi-las por aqui ou as altas tarifas de importação cobradas pelo governo, que tornam o preço final surreal e para poucos endinheirados.

Apresentamos algumas marcas e modelos, divididos por categoria, para você leitor ter uma ideia do que existe por aí e que infelizmente não veremos pelas nossas ruas, a não ser que algum milionário excêntrico e apaixonado por motocicletas faça uma importação direta, com o dólar a preços abusivos e as taxas cobradas pelo governo mais que exorbitantes, fazendo o preço final da motocicleta chegar a mais que o dobro, depois de convertido na nossa moeda.

Nesta primeira parte, apresento algumas das marcas e motos mais marcantes da categoria Naked:

Aprilia

A Aprilia é uma empresa italiana subsidiária do grupo Piaggio, que produz as melhores motocicletas nos segmentos em que atua. Sua primeira participação nas competições foi em 1976, na categoria 125 cilindradas do Campeonato Mundial de Motocross. Em 15 de agosto de 2010, tornou-se a mais bem sucedida marca na história das competições de motocicleta, alcançando sua 276ª vitória.

Aprilia Shiver 900: concorrente direta da Ducati (Divulgação)

Veja também:
Coluna do Baubeta: motos que marcaram gerações
Vyrus Alyen 988 é a moto mais inovadora do momento
MOTOCICLISMO 268: já nas bancas digitais! Confira os destaques

A Aprilia Shiver 900 é uma naked equipada com o motor da RSV Mille V2. Uma motocicleta nada convencional, com uma condução fácil, fluida e confortável. A eletrônica embarcada inclui controle de tração de três níveis, freios ABS top de linha e tela TFT multicolorida. Custa 8.000 Euros.

Atualmente a Aprilia produz, o que é dito por muitos, as melhor es superesportivas, como a RSV Mille V2 e a RSV4 com motor V4. A briga com a Ducati é praticamente como a briga entre Ferrari e Lamborghini.

Benelli

A Italiana Benelli foi adquirida em 2005 pelo grupo chinês Qianjang, retornando ao mercado brasileiro em 2013, apresentando 7 modelos de motos, além da estreia mundial da B600 Trail, ainda como protótipo. Por aqui rodaram os modelos das famílias BN, TNT, TRT e TREK, mas devido ao baixo números de vendas as operações foram encerradas em 2016.

Benelli BN 251 ABS: opção de pequena média à moda italiana (Divulgação)

A Benelli BN 251 ABS é uma motocicleta ideal para as correrias do dia a dia na cidade. Fácil de usar graças ao seu tamanho e leveza, é divertido de dirigir, com um motor suficiente para proporcionar desempenho adequado à proposta. Custa 3.300 Euros.

Benelli BN 302 S ABS: parece muito com a Kawasaki ER-6 (Divulgação)

A Benelli BN 302 S ABS é uma naked com uma proposta além da categoria. Seu tamanho é ideal para o piloto que sobe de categoria, um conjunto equilibrado, com comportamento nobre e reações previsíveis, proporcionando facilidade ao dirigir pela cidade, ou para aprender a dirigir nas estradas. Custa 4.300 Euros

Honda

A Honda é a maior fabricante de motos do Brasil e já produziu 25 milhões de motocicletas no Pólo Industrial de Manaus. Apesar da grandiosidade da fábrica, os modelos de alta performance são importados, vindos do Japão, Estados Unidos e Europa, por isso os preços são sempre baseados no dólar e, portanto, extratosfericamente altos e fora da realidade da maioria da população do nosso país.

Honda CB 300R é uma das motocicletas famosas e renomadas no exterior, mas desconhecidas no Brasil. Mas muitos gostariam dela entre nós.
CB 300 R Neo Sports Café: porta de entrada no universo retrô moderno da marca da asa (Divulgação)

A Honda CB 300 R Neo Sports Café pode ser considerada a moto premium do segmento das pequenas quatro tempos de 150 cilindradas. Uma motocicleta especialmente projetada para novos pilotos, exigentes e de personalidade forte, com um design mesclando o vintage e o moderno, para circular com estilo pela cidade, mas sem esquecer a estrada. Destaque para o motor refrigerado a líquido, o painel de instrumentos e o farol redondo inspirado na nova CB 1000R Neo Sports Café. Custa 5.000 Euros.

motocicletas famosas e renomadas no exterior, mas desconhecidas no Brasil: Honda NC 750 S
Honda NC 750 S: a nossa NC 750 X sem a semi carenagem (Divulgação)

A Honda NC 750 S é a nossa NC 750 X sem a semi carenagem. Por uma questão mercadológica, a Honda não disponibiliza os dois modelos no Brasil, senão eles brigariam entre si. Por aqui a NC 750 X abriu o nicho das motos Crossover, com proposta mais estradeira

Hyosung

A Hyosung é uma empresa sul-coreana que atua em diversos ramos da economia, como o têxtil, industrial, químico, construção civil, entre outros. A companhia começou suas operações com motocicletas em 1978 como Hyosung Motors & Machinery Inc.

No Brasil teve uma parceria com a Kasinski e ficou famosa com os modelos Comet 250 e Mirage 250, com motores V-Twin de 250 cm³ e as Comet 650 e Mirage 650, com motores V-Twin de 650 cm³ que diga-se de passagem, é o motor V-Twin mais potente da categoria. Na Europa, a Hyosung tem motos muito bem aceitas, em parceria com a Laquila.

GD 250 N Exiv é uma das motocicletas famosas e renomadas no exterior, mas desconhecidas no Brasil
Hyosung GD 250 N Exiv: sofisticada e com preço imbatível (Divulgação)

A Hyosung GD 250 N Exiv é uma motocicleta de estilo jovem, com linhas ousadas que quebraram muitos paradigmas dentro da marca sul-coreana. Tem um estilo minimalista, baixo peso, e mesmo com uma posição de condução esportiva, é muito ágil e fácil de pilotar e manobrar. O baixo consumo de combustível, a confiabilidade e o preço, são seus maiores atrativos. Custa 2.845 Euros.

Voge

A Voge é uma marca premium subsidiária da gigante chinesa Loncin. As motocicletas produzidas com a chancela Voge são mais bem elaboradas e sofisticadas, e tem a pretensão de atrair um novo público, mais jovem e descolado.

Voge 300 R é uma das motocicletas famosas e renomadas no exterior, mas desconhecidas no Brasil
Voge 300 R: chinesa de qualidade superior para enfrentar os gigantes (Divulgação)

A menor naked da marca, a Voge 300 R, é equipada com um motor monocilindro de 300 cm³, com um chassi de aço tubular, um design jovial e muito atraente. O motor proporciona um desempenho com um caráter alegre, dócil, ideal para dar os primeiros passos em uma motocicleta maior para quem sai das 150. Compacta e leve é ideal para se deslocar entre carros, bem como nas estradas. Custa 3.695 Euros.

motocicletas famosas e renomadas no exterior, mas desconhecidas no Brasil: Voge 500 R
Voge 500 R: para concorrer com as japonesas (Divulgação)

A naked Voge 500 R vem equipada com um motor de dois cilindros em linha, atuando no segmento mais popular entre os usuários intermediários que sobem de categoria. Na Espanha a marca é representada pela Motorien, brigando fortemente contra as consagradas motocicletas dos fabricantes japoneses e europeus, propondo acabamento superior com linhas modernas e angulares. Custa 5.395 Euros.

Zontes

A Zontes é uma empresa chinesa que produz a pequena média naked R-310, uma monocilíndrica com performance mais apimentada.

Zontes R-310 é uma das motocicletas famosas e renomadas no exterior, mas desconhecidas no Brasil
Zontes R-310: proposta esportiva futurista para atrair o público mais jovem (Divulgação)

A Zontes R-310 é uma motocicleta ideal para iniciantes ou mesmo para pilotos mais experientes que procuram uma motocicleta para uso diário com visual esportivo. Com motor monocilíndrico de bom torque em baixa e que atinge altas rotações, um estilo ousado e tecnologia atual, não deixa nada a desejar quando comparada aos modelos das principais montadoras japonesas e europeias. Seu preço é bastante atrativo e acessível para todos os orçamentos. Custa 3.995 Euros