Card image
Especiais
Kassab pode expandir faixas exclusivas de motos

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 24/10/2008
  • Por: admin

<p><strong>Existe a possibilidade da criação de faixas exclusivas para motos, como a que já existem na avenida Sumaré?</strong></p>

<p>Todas as medidas relacionadas aos motociclistas estão sendo implementadas com duas premissas básicas: segurança e diálogo com as entidades representativas da categoria junto com a CET. Vamos continuar promovendo estudos para a expansão de mais faixas exclusivas para motociclistas, seguindo modelo de sucesso implantado na avenida Sumaré.</p>

<p><br />
<strong>Os motociclistas sofrem na hora de achar um lugar para parar as motos, o que será feito em relação aos bolsões de estacionamento exclusivos?</strong></p>

<p>Bolsão de estacionamento exclusivo para motocicletas é um mecanismo eficiente de ordenamento urbano e deve-se estudar a viabilidade de sua implantação em São Paulo em um próximo governo.</p>

<p><strong>Ao rodar pela cidade, as condições das ruas apresentam os seguintes problemas: a sinalização horizontal (faixas de trânsito) são extremamente escorregadias, principalmente quando chove, existem muitos buracos e as tartarugas atrapalham. Estes fatores provocam muitos acidentes, o que pode ser feito para mudar a situação?</strong></p>

<p>O trabalho contínuo de conservação das vias é fundamental para evitar acidentes. O nosso governo adquiriu uma nova usina de asfalto e recuperou as demais que estavam abandonadas. Em decorrência disto, a produção de asfalto hoje é de 2 mil ton/dia, em 2004, era de apenas 100 ton/dia, e a capacidade para tapar buracos cresceu de 1 500 a 2 000 buracos por dia. Também pavimentamos e recapeamos mais de 2 000 quilômetros de vias, mais do que os quatro governos que nos antecederam. O objetivo principal é oferecer condições seguras aos motoristas e motociclistas da cidade . Em uma próxima gestão, devemos intensificar ainda mais estes programas.</p>

<p><strong>Outros fatores preocupantes aos motociclistas são os guard-rails, que do modo como são construídos, podem cortar uma pessoa ao meio. Na Europa, existem modelos com duas barras horizontais, sendo que inferior absorve um possível impacto. Eles serão aplicados na cidade de São Paulo? O prefeito de Londres, Boris Johnson, lançou um projeto para a abertura das faixas de ônibus também para as motocicletas. Utilizando a informação que os acidentes diminuíram em cidades onde esta medida foi tomada, como você vê está possibilidade para São Paulo? Na Europa, muitas cidades têm faixas de retenção nos semáforos para as motocicletas. Assim, as motos ficam à frente dos carros e evitam acidentes no momento em que o farol fica verde e todos saem. Isso pode ser adaptado em São Paulo?</strong></p>

<p>Experiências bem sucedidas em outros países podem e devem ser implantadas em São Paulo, desde que haja possibilidade de adaptação à realidade da cidade. Foi o que fizemos com o rodízio de caminhões, por exemplo. Há grande interesse da nossa administração em implantar, em São Paulo, medidas que previnam e salvem vidas no trânsito, como o que fizemos em relação à regulamentação do Motofrete na cidade, instituindo uma legislação que determinou medidas de segurança muito mais rigorosas das que vigoravam anteriormente, salvando vidas.</p>

<p><strong>Que campanhas para a educação no trânsito serão realizadas? O que será feito para o convívio harmonioso entre todos os veículos que rodam pela cidade de São Paulo?</strong></p>

<p>A administração anterior, infelizmente, não aplicava o dinheiro proveniente das multas em programas de educação no trânsito. Neste governo, criamos o Fundo Municipal de Trânsito. O novo Fundo cria arcabouço jurídico para obrigar administrações municipais a se adequar ao Código Brasileiro de Trânsito, que estabelece investimento, de 95% da arrecadação de multas nos municípios em melhorias de trânsito. Os 5% restantes devem ser aplicados em educação do trânsito. Com a regulamentação, São Paulo garante por lei a aplicação dos recursos arrecadados com multas, exclusivamente em programas voltados para melhorar as condições do trânsito. A receita das multas é revertida integralmente para fundo.</p>

<p><strong>Além destas, quais outras propostas você possui para as motocicletas e seus usuários em São Paulo?</strong></p>

<p>O nosso governo, através da CET, Companhia de Engenharia de Tráfego, promoveu, até esta quinta-feira (25/09), o Moto Check-up na praça Campo de Bagatelle. Nele, os motociclistas puderam avaliar gratuitamente as condições mecânicas das motocicletas e dos capacetes. O projeto oferece outros benefícios aos motociclistas, como entrega de vale-descontos para peças e serviços, distribuição de óleo lubrificante e aditivos, além de sorteios de equipamentos de segurança, como capacetes, blusões, botas e coletes. Os participantes também são convidados para cursos de pilotagem defensiva. Ampliar e promover mais iniciativas desta natureza será um objetivo deste governo.</p>

Conteúdo Recomendado

Comentários