Card image
Especiais
Intenção de compra de motos cresce 40% no Brasil

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 20/01/2021
  • Por: Willian Teixeira

Mais brasileiros estão com a intenção de comprar uma moto, seja para deslocamento urbano ou para usá-la como ferramenta de trabalho. Ao menos é o que sugere um levantamento feito pela unidade de veículos, imóveis e serviços do Mercado Livre, uma das principais plataformas de marketplace do país.

A empresa apurou um crescimento de 40% na intenção de compras de motocicletas em sua plataforma no Brasil, contra 35% em toda a América Latina. A avaliação foi feita com base no comportamento dos usuários entre os meses de março a novembro de 2020.

Intenção de compra de motos cresce 40%, diz estudo
Honda Biz 125 figura entre as motocicletas mais pesquisadas (Christian Castanho)

Veja também:
Kawasaki confirma presença no Salão Duas Rodas 2021
Após recorde, Royal Enfield confirma novas lojas no Brasil
BMW, H-D e Triumph têm condições especiais em janeiro

De acordo com o levantamento, a preferência dos internautas motociclistas é por motos de baixa cilindrada. No Brasil, houve um crescimento de 86% na intenção de compras de motos de até 125 cm³ no período do estudo, enquanto modelos de 125 cm³ a 250 cm³ receberam 58% a mais de atenção dos consumidores. Segundo a pesquisa, a motocicleta mais buscada na plataforma foi a Honda CG 150 Titan, seguida por outros modelos da marca das Asas da Liberdade, como CG 125 Fan, Biz 125, XRE 300 e CB 300.

Intenção de compra de motos cresce 40%, diz estudo
Honda CG 125 Fan é uma das motos mais pesquisadas no Mercado Livre (Divulgação)

Luis Paulo dos Santos, Diretor do Marketplace de Veículos, Imóveis e Serviços do Mercado Livre, considera que a grande evolução dos serviços de delivery durante o período de distanciamento social contribuiu para esse resultado. “Grande parte dos motoboys e entregadores utilizam esse tipo de motocicleta, principalmente pela praticidade e custo-benefício, visto que são mais econômicas por consumirem menos combustível que os modelos de alta cilindrada”, comenta o executivo.

Intenção de compra de motos cresce 40%, diz estudo
Intenção de compra de motos nas principais capitais brasileiras teve crescimento de 50%, segundo o estudo do Mercado Livre (Renato Durães)

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Nas principais capitais brasileiras, houve um incremento de 50% na intenção de compra de motos. Em contrapartida, o crescimento em cidades do interior foi menor, apenas 35%, “Muitos consumidores das capitais estavam em busca de um novo meio de locomoção pela cidade, em detrimento ao transporte público, que oferece altos índices de contágio do novo coronavírus. O custo-benefício também reflete na tomada de decisão de compra, pois a pandemia afetou diretamente a renda da população”, complementa Luis Paulo.

Conteúdo Recomendado

Comentários