Card image
Especiais
Crônica: Leis como antigamente

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 24/10/2016
  • Por: admin

<p>Se você tem mais de 35 anos deve se recordar de um momento histórico em nosso país, no qual havia safras e safras de políticos bizarros que por vezes extrapolavam a linha da loucura, entravam na faixa do ridículo e, finalmente, atingiam a região da comédia!</p>

<p>Se voltarmos algumas décadas a mais, encontraríamos um ser do alto escalão do governo, cujas iniciais eram JQ, que talvez fosse o ser mais estranho e idiossincrático que já conheci. Jovem leitor, ele era nada mais do que o presidente da República e criava, ou, pelo menos, expressava sua opinião firmemente sobre as leis mais esdrúxulas que já se ouviu falar. Por exemplo, sugerir a proibição do biquíni em praias brasileiras!</p>

<p><img alt=" " src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_multa_moto_620x467.jpg" /></p>

<p>Certamente seria jantado hoje em dia por uma feroz feminista. E se hoje há uma tremenda polêmica em relação ao impeachment ou não afastamento de nossa presidente, imagine o seguinte: mesmo depois de assumir o cargo máximo do Estado, este senhor acorda de manhã, vai à mídia e declara sua renúncia… Ele se “impichou” sozinho – autoimpeachment! Hahaha! E é tudo verdade! </p>

<blockquote>
<p>Mas o que este escrevinhador está falando de política em sua crônica dentro de um site sobre motociclismo?</p>
</blockquote>

<p>Eu e um amigo em uma mesa de bar ficamos imaginando as leis que essa safra de políticos poderia criar para motocicletas no Brasil. Por exemplo, poderia proibir a todas as montadoras a produção e comercialização de motos da cor vermelha, branca e preta, para não serem confundidas com carros de bombeiro, ambulâncias e nem carros funerários (parece incrível, mas isso já foi verdade para carros).</p>

<p><img alt=" " src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/mobilidade_urbana_motociclismo_5_620x467.jpg" /></p>

<p>Promulgaria uma lei que canhotos não poderiam pilotar motos convencionais, a não ser que mudassem os freios para o lado direito (manete e pedal), afinal de contas é o lado mais forte destas pessoas. Colocação de chapas frontais nas motos (isso quase foi verdade! Imagina só!).</p>

<p>Claro que nunca poderia faltar o kit de primeiros socorros arrebitado no capacete e o cinto de segurança para que pilotos e garupas fossem arrastados juntos com a moto na hora em que possivelmente caíssem. Que tal substituir as letras e números das placas por códigos de barra? Imagine a cena após um acidente: “anotou a chapa?”. “Hmmmmmmmm…”. </p>

<p>Claro que o departamento de trânsito criaria um aplicativo para que o público instalasse em seus telefones móveis e capturasse a placa (?!). Se fossem QR codes (se não sabe o que é, joga no Google) seria mais interessante ainda. Se a opinião pública achasse muito radical, poderíamos incluir junto à numeração decimal o “valete, dama, rei e ás”!  </p>

<p>Bem, espero que este texto não sirva de insumo para os políticos que, por exemplo, querem proibir garupa (verdade!). <br />
Keep riding!</p>

Conteúdo Recomendado

Comentários