Card image
Especiais
Crônica de um assalto anunciado

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 13/10/2015
  • Por: admin

<p>Parafraseando o grande Gabriel Garcia Marquez, autor do excelente livro “Crônica de uma Morte Anunciada”, esta é uma crônica de um assalto anunciado. Não é ficção criada pela mente deste que vos escreve.</p>

<p>Excetuando os nomes que foram trocados, foi tudo verdade e aconteceu através de uma rede social com a ajuda de um fórum famoso que juntava virtualmente motociclistas possuidores de um mo­de­lo de motocicleta. Vi, ouvi, soube e aqui relato. Então, assim foi o causo ocorrido: </p>

<p>Maurício era casado com Marcia e eram conhecidos de Bernardo, comparsa de Bianca. Todos tinham um perfil cadastrado na rede social ‘F’. Bernardo e Bianca possuíam fotos falsas e Marcia e Maurício haviam cadastrado orgulhosamente fotos verdadeiras de seus bens, amigos e familiares.</p>

<p>Todos eram motociclistas e Bernardo dizia possuir uma moto ‘H’ (mentira), a mesma marca que M & M possuiam (verdade). Contava que viajava muito com Bianca em sua garupa (mentira). Marcia e Maurício se interessaram no perfil de B & B e os aceitaram como amigos. Com isso abriram a porta de suas vidas para eles.</p>

<p>Fotos da prole, das motos (inclusive com placas), informações e agenda de passeios, e encontros, alimentavam a mente de Bernardo e sua Bianca, pessoinhas nada confiáveis.<span style="line-height: 1.6em;"> </span></p>

<p><img alt=" " height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_cronica_1_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A rede social por sua vez contribuiu bastante com o desfecho dessa trama, pois, como todas as informações cadastradas no site da rede, inclusive fotos, eram de propriedade da rede ‘F’ (você sabia que é assim?), todos os dados dos atores desta crônica participavam de uma análise complexa por parte da rede que descobrira pessoas parecidas com B & B para sugerir como amigos a M & M.</p>

<p>Estes por sua vez aceitavam a suposta amizade, pois o perfil (falso) de Bernardo e Bianca cada vez mais era conhecido por Marcia e Maurício.  </p>

<p>O inverso era verdade, B & B começaram a conhecer os amigos, e os usos e costumes dos amigos do casal M & M. Certo dia, em um churrasco-festa, organizado através da rede social ‘F’ para “amigos”, e que reunia muitos conhecidos motociclistas do casal M & M, houve um arrastão, muitas motos roubadas, pânico, e no meio da gritaria deu para escutar um dos assaltantes gritando enquanto corria pelo portão pilotando uma das motos roubadas: “Corre, Bianca, corre”.<span style="line-height: 1.6em;"> </span></p>

<p><strong>MORAL DA HISTÓRIA</strong><br />
Hoje em dia, em tempos de vida virtual, selfies e outros bichos digitais, tempo em que os viventes veem a vida passar pela tela do celular, o risco é diretamente proporcional à quantidade de informações desnecessariamente compartilhadas; fotos de placas, agendas de eventos, participantes de festas, imagens de bens e detalhes da “feliz” vida pessoal expõem o sujeito a todo o ecossistema de seres mal-intencionados.</p>

<p>Portanto caro e entusiasmado motociclista, lembre-se antes do seu próximo selfie compartilhado: o ego e o narcisismo punem! <span style="line-height: 1.6em;">Keep Riding!</span></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários