Especiais
  • 26/11/2020
Conheça a exclusiva Harley-Davidson de Maradona

6 Minutos de leitura

  • Publicado:
  • Por: Willian Teixeira

Diego Armando Maradona Franco morreu na última quarta-feira, dia 25 de novembro de 2020, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. O ídolo argentino, um dos grandes nomes do esporte mundial, também era um apaixonado por automóveis, motos e esporte a motor.

Após encerrar a carreira como jogador, Maradona acumulou passagens como técnico e dirigente por diversos clubes, entre eles o Dinamo Brest, da Bielorrussia. Por lá ele ocupou nada menos do que a presidência honorária durante três meses em 2019, experiência que rendeu ao argentino uma inusitada homenagem.

Veja também:
Yamaha faz 50 anos de Brasil e recria Red Dragonfly
Conheça o vencedor do Triumph Triple Trophy 2020
Bandeira quadriculada para o Mundial de Motovelocidade 2020

Alexander Zaitsev, um dos dirigentes do clube e apaixonado por motos, resolveu presenteá-lo com uma Harley-Davidson Fat Bob 107 totalmente customizada. A exclusiva motocicleta traz detalhes como a pintura da camisa da seleção argentina no tanque de combustível, além do número 10 estampado sobre o farol e uma bola dourada cobrindo a roda dianteira.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Quando soube do presente que lhe aguardava no país europeu, Diego estava em tratamento após passar por uma cirurgia no joelho. Assim que recebeu alta, partiu rumo à Bielorrussia para poder curtí-lo. Aprovada a customização? Deixe sua opinião nos comentários!

MotoGP presta homenagem a Maradona

O ídolo argentino, que sempre prestigiava as provas do Mundial de Motovelocidade quando podia, recebeu uma homenagem da MotoGP nas redes sociais.

Pilotos também prestaram tributo a Maradona, como Valentino Rossi, de quem tornou-se amigo por conta de sua identificação com o Napoli, clube de futebol onde o argentino atuou entre 1984 e 1991. Além de Rossi, El Pibe também recebeu homenagens de Jorge Lorenzo, dos irmãos Alex e Marc Márquez.

Após vencer o GP da Argentina de 2015, Rossi presta homenagem a Maradona no pódio (MotoGP)

Conteúdo Recomendado

Comentários