Card image
Especiais
5 motos que devem vir ao Brasil em 2022

7 Minutos de leitura

  • Publicado: 03/01/2022
  • Atualizado: 06/01/2022 às 10:59
  • Por: Willian Teixeira

Após uma rápida e necessária pausa, nós da MOTOCICLISMO Brasil estamos de volta para começar a acelerar no ano de 2022. E nada melhor do que rodar os primeiros quilômetros deste novo ano falando sobre aquilo que gostamos: motos. 

Por isso, nós fizemos uma lista com 5 motos que apostamos que devem aparecer por aqui nos próximos 365 dias.

Cinco motos que devem vir ao Brasil em 2022

Alguns deles já estão confirmados pelas marcas, outros com indícios de que é mera questão de tempo para a oficialização de suas chegadas. Sem mais delongas, veja a seguir quais motos são: 

Royal Enfield Classic 350 

Lançada em 2021 no exterior, a nova geração da clássica da Royal Enfield também é produzida na nova plataforma J1D, que estreou na Meteor 350, modelo lançado em nosso país no meio do ano passado.

Cinco motos que devem vir ao Brasil em 2022

Da cruiser – que já é a moto da Royal Enfield mais vendida no Brasil – ela também herda o motor, que é um monocilíndrico de 349 cm³ com injeção eletrônica e refrigeração mista e entrega potência máxima de 20,2 cv a 6.100 rpm e 2,76 kgf.m de torque em 4.000 giros, propulsor ligado a uma transmissão de cinco velocidades. 

Cinco motos que devem vir ao Brasil em 2022

A clássica da Royal Enfield vem com rodas de alumínio ou raiadas de 19 polegadas na frente e 18 atrás, freios a disco e com um novo sistema de amortecimento. Seu painel ainda é analógico, mas ganhou integração com um display LCD e com o Tripper, sistema de navegação da Royal Enfield. 

Triumph Tiger 1200 

Estamos falando de uma das motos já confirmadas para o nosso mercado. Apresentada pela Triumph no exterior nas últimas semanas de 2021, a sua chegada ao Brasil – que é um dos maiores mercados consumidores da linha Tiger no mundo – está prevista para o primeiro trimestre deste ano. 

Lá fora, a nova geração da Triumph Tiger 1200 está disponível em cinco versões: a de entrada, GT, Rally e as Explorer (GT Explorer e Rally Explorer) As GT são mais voltadas ao uso no asfalto, enquanto as Rally foram concebidas com uma proposta mais off-road. Já as versões Explorer possuem tanque maior, com capacidade para 30 litros de combustível, enquanto nas demais o reservatório leva “apenas” 20 litros. 

Cinco motos que devem vir ao Brasil em 2022

Todas elas são movidas pelo novo motor de três cilindros batizado de T-Plane. Trata-se de um propulsor derivado do que é usado na Speed Triple RS, com capacidade cúbica de 1.160 cm³ e configuração revista para a proposta aventureira da gama Tiger. Essa usina ficou mais potente do que a da geração anterior, rendendo potência máxima de 152 cv a 9.000 rpm e torque máximo de 13,3 kgf.m em 7.000 giros, contra os 141 cv e 12.4 kgf.m de sua antecessora.

Cinco motos que devem vir ao Brasil em 2022

Leia mais:
Participe do 23º Moto de Ouro e concorra a motos elétricas!
Maeving RM1, uma bobber elétrica inglesa
Parque das emoções: viagem até a Serra da Canastra

O quadro também está mudado, mais fino e 25 kg mais leve do que o da geração anterior. Na eletrônica, que pode variar de acordo com a versão, estão disponíveis seis modos de pilotagem, central inercial que controla a atuação do ABS, quickshifter, radar de ponto cego e sistema de monitoramento de pressão dos pneus. 

Kawasaki Z650RS 

O modelo que expandiu a gama de clássicas modernas da Kawasaki no mercado internacional já foi mostrado pela marca japonesa por aqui, e vai desembarcar em nosso país a partir do segundo semestre. Sua chegada faz parte das comemorações de 50 anos de lançamento global do primeiro modelo da família Z. 

Lançada em 1972, a Z1, que também é conhecida como 900 Super Four, marcou época enquanto esteve em linha por causa de seu motor carburado DOHC de quatro cilindros refrigerados a ar, contabilizando cerca de 85 mil motos produzidas no período em que foi oferecida. 

Cinco motos que devem vir ao Brasil em 2022

Já a nova Z650RS foi lançada em outubro passado e chegou ao mercado global para ampliar o line-up de clássicas modernas da Kawasaki, seguindo a mesma receita aplicada em sua “irmã maior” Z900RS: visual retrô e pacote técnico moderno. 

Cinco motos que devem vir ao Brasil em 2022

No caso da nova Z650RS será utilizado o motor bicilíndrico da Z650, usina de 649 cm³ com refrigeração líquida que entrega 68 cv de potência a 8.000 rpm e 6,7 kgf.m de torque em 6.500 giros e é integrado a uma transmissão de seis velocidades. 

Ducati Multistrada V4 

Lançada em 2020 na Europa, a nova crossover da Ducati deve despontar em nosso mercado em 2022. Diego Borghi, CEO da Ducati do Brasil, disse em entrevista exclusiva para a MOTOCICLISMO Brasil que a moto já estava no radar da marca para nosso país, embora não tenha confirmado uma data exata para seu lançamento. Mas se a história se repetir – como aconteceu com a Streetfighter V4, que foi lançada lá fora no final de 2019 e chegou aqui no final do ano passado, ou seja, com dois anos de intervalo – nós a teremos por aqui em 2022. 

Cinco motos que devem vir ao Brasil em 2022

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

A Ducati Multistrada V4 é movida pelo novo motor V4 Granturismo, usina que se destaca por sua leveza, alto desempenho e por esticar os intervalos de manutenção em até 60.000 km. Já adequado as normas Euro5, ele tem capacidade cúbica de 1.158 cm³ e entrega 170 cv de potência a 10.500 rpm e um torque máximo de 12,7 kgf.m a 8.750 rpm. 

O chassi também foi renovado, com suspensões fixadas a um chassi monocoque de alumínio e uma estrutura em treliça de aço no subchassi traseiro. As rodas em liga leve são de 19 e 17 polegadas, e podem ser substituídas por raiadas, disponíveis como opcional. 

Cinco motos que devem vir ao Brasil em 2022

Disponível em três versões – V4, V4 S e V4 Sport – além da edição especial Pikes Peak, a Ducati Multistrada V4 traz alta eletrônica embarcada, com itens como central inercial IMU para gerenciar assistentes de pilotagem, inclinação da moto, atuação do ABS, controles de tração e partida em subida. Ela também recebeu novos sistemas como radar dianteiro e controle de cruzeiro adaptativo. 

Honda NC 750X DCT 

Ela é uma das três novidades que a Honda deve trazer ao país em 2022. A marca já anunciou que a crossover, junto com a naked CB 1000R e o maxiscooter aventureiro X-ADV vão receber atualizações. 

A NC 750X não recebia atenção da Honda há alguns anos, e a moto passará a contar com novidades bem interessantes, como a opção de câmbio DCT e um novo design, que a deixará com uma aparência mais moderna. O motor deve continuar o mesmo, um bicilíndrico de 745 cm³, mas receberá atualizações que o deixarão mais potente e com melhor entrega de torque. 

O baú da NC 750X – que fica instalado onde outras motos abrigam o tanque de combustível – terá a capacidade aumentada de 22 para 23 litros. O painel em LCD deve receber um novo desenho, permitindo uma melhor visualização das informações e o gerenciamento do controle de tração e de outros recursos eletrônicos. 

O que você tem a dizer sobre as novidades para este ano? Ficou faltando alguma moto na lista? Manifeste-se nos comentários! E nós, da MOTOCICLISMO Brasil, desejamos bons ventos e um 2022 memorável a todos os apaixonados por motocicletas! 

Conteúdo Recomendado

Comentários