Card image
Especiais
As novidades do Salão Duas Rodas 2022

8 Minutos de leitura

  • Publicado: 25/10/2021
  • Por: Isabel Reis

Vamos contar para você todas as novidades do Salão Duas Rodas de 2022 (SDR). Sim, ainda falta um ano, mas tem muita coisa boa sendo programada, para a sua diversão. Nesta entrevista, Lucas Pimentel, responsável pelo evento, revela o que a RX Global (Reed Exhibitions) está programando para realizar, segundo eles, o maior salão de motocicletas de todos os tempos, no Brasil.

Trata-se de um dos três maiores salões desse segmento no mundo, incluindo nisso o de Milão, na Itália, e o de Colônia, na Alemanha. Na parte da cá do planeta, o Salão Duas Rodas é o maior das Américas (a do Norte e a Latina). Até hoje foram feitas 16 edições no país, reunindo milhões de pessoas.

Para 2022, o Salão Duas Rodas acontecerá de 1 a 6 de novembro, no São Paulo Expo, pavilhão de exposições ao lado da Rodovia dos Imigrantes. Uma área gigante, com capacidade para as muitas atrações previstas para você, amante das motocicletas. Veja abaixo o que te aguarda e já coloque a data na agenda!

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– 
Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Confira a entrevista no vídeo abaixo ou leia a transcrição a seguir:

Há quantas edições o Salão Duas Rodas acontece no Brasil? Você tem ideia do público visitante?

Lucas Pimentel – Tradicionalmente temos em torno de 250.000 pessoas que visitam o salão em cada edição. Ou seja, já realizamos 16 edições do Salão Duas Rodas no Brasil. Assim, somando todos os anos, teríamos em torno de 4 milhões de pessoas que estiveram conosco presencialmente. Claro que muitas delas visitam os “sagrados corredores” do SDR todos os anos. Mesmo assim são milhões de espectadores. Mas precisamos lembrar também que somos geradores de conteúdo de uma comunidade digital. E essa audiência digital é até muito maior do que a presencial. Estamos crescendo e desenvolvendo cada vez mais essas ferramentas online. Podemos dizer, com certeza, que falamos com mais de 5 milhões de pessoas.

Muitas experiências e atrações serão preparadas para os apaixonados por motocicletas (Divulgação/RX)

Já está tudo preparado para o Salão Duas Rodas 2022?

Lucas Pimentel – Tudo preparado ainda não (risos), mas já está tudo pensado. A expectativa é gigantesca. Mapeamos a audiência todo o tempo. Somos uma multinacional e globalmente temos processos de pesquisas, entendendo o momento de cada região. Sabemos que a expectativa do visitante do Salão Duas Rodas para o próximo ano é a maior entre todos os visitantes do nosso portfólio. Porque a última vez que esse pessoal pisou em um grande evento de motos, foi em novembro de 2019. Se abríssemos hoje a bilheteria, amanhã já estaríamos com tudo vendido. Isso demostra que em 2022 teremos uma visitação recorde.

Lucas Pimentel, gerente de produtos da RX Global e responsável pelo Salão Duas Rodas (Divulgação)

Conta quais serão as principais novidades. Muitas atividades digitais?

Lucas Pimentel – Tem bastante atividade digital. Desde o começo da pandemia temos feito algumas propostas de conexão e manutenção com as nossas audiências. Criamos uma webserie chamada de Happy Hour SDR. Em um horário pós trabalho, recebemos figuras ilustres como Ricardo Medrano (Johnnie Wash), Rodrigo Marcondes (Bendita Machinna), o piloto Fred Kyrillos, o jornalista Leandro Mello (Motors Company). Tivemos quase 100.000 espectadores nesses bate-papos informais. Depois, desenvolvemos e promovemos um test-ride virtual. Uma oportunidade para o visitante dar uma volta na pista com a nova Kawasaki Ninja e com a Harley Davidson Fat Boy. O participante acompanhou um piloto de corrida na pista do Haras Tuiti, com uma câmera 360 graus, utilizando o celular ou computador. Também desenvolvemos algumas atividades visando o negócio B to B, porque recebemos muitos profissionais do setor. Eles têm uma expectativa que vai além daquela do grande público. Ou seja, não paramos de gerar conteúdo para o nosso público, sejam os apaixonados, ou os profissionais que também buscam informação qualificada.

As crianças também terão o seu espaço exclusivo, com várias atividades infantis (Divulgação/RX Global)

Estão previstas atividades físicas também? Como mais test rides?

Lucas Pimentel – Sim, vai ter. O coração do evento é a experiência com motos. Faremos o que for possível para promover experiências de pilotagem para o público visitante. Conexão física entre o apaixonado e o objeto de desejo. Na edição passada tivemos quatro circuitos de test ride, que somaram 10 km de pistas. Isso resultou em 15.000 test rides realizados durante o evento. Foi a maior operação do tipo no mundo. Tivemos pistas internas para mobilidade urbana, com veículos elétricos. Pista off road, onde as marcas levaram motos específicas para terra ou também produtos híbridos. A Triumph, por exemplo, levou a Scrambler para fazer o teste tanto na pista normal como no off road, justamente para mostrar essa versatilidade. E havia uma grande pista de test ride compartilhado: mais de 70 motos à disposição do público, com baixas, médias e grandes cilindradas. Quem faz essa organização toda foi o Leandro Mello, da Motors Company, com toda a segurança e profissionalismo da equipe dele. Mas estamos prevendo várias outras ações:

– Com a ajuda de vocês, da MOTOCICLISMO e da revista RACING, premiamos as competições e os principais atletas do motociclismo nacional.

– Fazemos reconhecimentos dedicados a gamers, jogos e esportes do setor.

– Temos uma área para crianças, cujas famílias entendem que elas podem começar a se relacionar com as motos desde cedo.

– A Arena Customização é uma forte atração, voltada a essa categoria de apaixonados que eu me enquadro, particularmente. Acho muito lindo ver as obras de arte que esses artistas expõem.

– Na última edição trouxemos o SDR Rock Fest, que proporcionou boa música durante todo o evento.

– Mas acho que a principal novidade para o próximo ano é a Arena Moto Turismo, um tema que a gente sempre tratou, mas agora com mais luz para esse segmento. Vamos receber profissionais do setor, dar dicas para o público sobre destinos, percursos, pistas, onde se hospedar, onde comer, que equipamento e acessórios usar, como se planejar para fazer uma viagem dessas… Reunir todo o universo que compreende o Moto Turismo.

Salão Duas Rodas: entre os três maiores eventos de motos do mundo! (Divulgação/RX)

Apesar das atrações digitais e da experiência de o público poder rodar, haverá também a exposição normal?

Lucas Pimentel – Sim, essa é a razão principal do salão; moto, moto e mais moto! No anterior, tivemos um pouco mais de 560 motos expostas. Ele é o maior salão das Américas. Não existe um evento desses nem na América Latina, nem na América do Norte, sob qualquer aspecto: quantidade de visitantes, eventos paralelos simultâneos, promoção de marcas, conteúdos! O Salão Duas Rodas está entre os três maiores eventos do mundo. O que diferencia o nosso dos outros dois grandes salões de Milão e de Colônia é termos mais atividades para os visitantes. No próximo SDR continuaremos investindo nessas plataformas de conexão. Na edição anterior foram 400 marcas expondo. As estrelas do show são as montadoras de motocicletas, com grandes estandes e as super máquinas. Mas, além disso, existem também os expositores de produtos, equipamentos, acessórios, moto peças, que também tem no salão o seu principal momento de lançamentos. Ou de vender, realizar negócios, de mostrar os seus produtos para o público e para a grande mídia. Por isso, o SDR é tão importante também para esse segmento. 

O SDR será no São Paulo Expo por conta de permitir muito público, sem aglomeração?

Lucas Pimentel – Como o nosso evento será em novembro do ano que vem, e neste momento já temos mais de 50% da população do Brasil imunizada, vamos realizá-lo com segurança. Até porque a nossa empresa é muito preocupada com esses fatores. Entramos na reta final, inclusive com ações de contagem regressiva a partir de 1 de novembro. Temos muita confiança, junto com nossos parceiros e expositores, de que no próximo ano a questão de saúde estará controlada e com condições de realizar uma grande festa. Essa, por sinal, foi a razão para que o evento não tenha sido realizado este ano. A Reed é intransigente com a questão da segurança, não só dos visitantes, mas também dos expositores e da nossa equipe. Não economizamos para garantir o procedimento dos protocolos exigidos pelos órgãos competentes. Ainda assim, entendemos que é um evento muito grande, com muita experiência tática, presencial, física. Fazer o salão este ano, por exemplo, não seria adequado da forma como o público e as marcas esperam. São muito apaixonados, muitas marcas, todos com a expectativa aumentada em função de estarmos vivenciando uma pandemia. Então é isso: vamos fazer com segurança, em um grande espaço, em 2022.   

Como os interessados fazem para adquirir os ingressos?

Lucas Pimentel – Tradicionalmente abrimos a venda de ingressos faltando três, quatro meses, para o evento. Há um esforço grande de mídia para promover, para divulgar o Salão. Por isso não iniciamos a venda com muita antecedência. Costumamos dizer que evento bienal não é de 100 metros rasos: é uma maratona! Não adianta gastar muita energia no começo porque pode faltar fôlego no final! Mas o que aprendemos com a pandemia é que a gente não sabe muito sobre pandemia. Está tudo planejado e esperamos que seja uma grande festa! Algumas marcas comemoram aniversários no ano que vem e alguns lançamentos ficaram guardados durante a pandemia e não puderam ser mostrados. A nossa expectativa é a de fazer uma edição histórica do Salão Duas Rodas, em 2022.

Informações Isabel Reis, Motociclismo, Motor Mídia

Conteúdo Recomendado

Comentários