Card image
Competições
Show no Paraná

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 02/06/2015
  • Por: admin

<p>A cidade de Cascavel, no Paraná, sediou no dia 31 de maio, a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, o Moto 1000 GP. <span style="line-height: 1.6em;">Na GP 1000, o piloto francês</span><span style="line-height: 1.6em;"> Matthieu Lussiana, </span><span style="line-height: 1.6em;">atual campeão na categoria principal, venceu novamente com a BMW S 1000RR número 1 e lidera a classificação geral com 52 pontos —</span><span style="line-height: 1.6em;"> 21 a mais que o português Miguel Praia —</span><span style="line-height: 1.6em;"> na busca do bicampeonato. Lussiana também compete na Superstock 1000 do Mundial de Superbike, onde passará a usar a mesma moto do Brasileiro de Motovelocidade, no lugar da Kawasaki ZX-10R que utilizava, o que deverá aumentar ainda mais a eficiência do piloto nas duas competições. O argentino Diego Pierluigi (#84)</span><span style="line-height: 1.6em;"> andou com a sua Kawasaki ZX-10R a</span><span style="line-height: 1.6em;"> prova toda muito próximo de Lussiana, mas acabou em segundo lugar no pódio. Em terceiro, Wesley Gutierrez (#47)</span><span style="line-height: 1.6em;">, o melhor piloto brasileiro na categoria, que foi vice-campeão em 2014, conquista seu primeiro pódio na temporada, também</span><span style="line-height: 1.6em;"> com uma</span><span style="line-height: 1.6em;"> ZX-10R.</span></p>

<p>Na GP 600, Joelsu da Silva (#4) começou muito bem, um dos dois pilotos que optou por usar pneu de chuva na frente e pneu slick na traseira (o outro foi Marcio Bortolini, que venceu na categoria Evo, finalizando em sexto na classificação geral), mas ficou pelo caminho após queda na metade da prova e o experiente Eric Granado venceu mais uma corrida, liderando na categoria e mostrando sua superioridade técnica, ao cruzar a linha de chegada com expressivos 25s868 na frente do argentino Juan Solorza (#52) — piloto que não é de sorrir muito nas fotos. Completando o pódio estava o muito satisfeito Alex Pires (#56) que acreditou até o fim e conquistou seu lugar no pódio praticamente em cima da linha de chegada, ao ultrapassar Ian Testa (#73) que vacilou ao entrar na reta de chegada, sendo superado por Pires. Mais um exemplo de que a corrida só acaba na linha de chegada!  </p>

<p>Na GPR 250, categoria base, que sempre é a mais disputada corrida da etapa, teve Brian David (#35) que ultrapassou antes da última curva da corrida o piloto Ton Kawakami (#6), para vencer a prova. Completando o pódio Meikon Kawakami (#1), o atual campeão da categoria. A diferença entre os três pilotos foi muito baixa. Ton cruzou a linha de chegada com apenas 0s076 de diferença para Brian! Ton segue líder, com 46 pontos, Brian é o segundo, com 33 pontos e Meikon está em terceiro, com 33 pontos.</p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Confira abaixo os vídeos completos das quatro corridas da etapa. </span></p>

<p><iframe allowfullscreen="" frameborder="0" height="349" src="https://www.youtube.com/embed/w8woKLW1kz8?rel=0" width="620"></iframe><iframe allowfullscreen="" frameborder="0" height="349" src="https://www.youtube.com/embed/_fDyS5lx3oI?rel=0" width="620"></iframe><iframe allowfullscreen="" frameborder="0" height="349" src="https://www.youtube.com/embed/m88vuAJx0oY?rel=0" width="620"></iframe><iframe allowfullscreen="" frameborder="0" height="349" src="https://www.youtube.com/embed/_7LA6O_IVfY?rel=0" width="620"></iframe></p>

<p>A próxima etapa será no dia 28 de junho, em Goiânia, GO. Para conferir uma entrevista com Gilson Scudeler, diretor do campeonato, <u><strong><a href="http://carroonline.terra.com.br/motociclismoonline/competicoes/competicoes-competicoes/entrevista-gilson-scudeler/?rlabs"><span style="color:#0000FF;">clique aqui.</span></a></strong></u></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários