fbpx
Card image
Competições
Pepe Bueno vai ao Motocross das Nações, na Holanda

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 22/09/2019
  • Atualizado: 23/09/2019 às 7:21
  • Por: Willian Teixeira

O piloto paranaense Pepe Bueno foi convocado pela Confederação Brasileira de Motociclismo para representar o país na categoria MX2 do Motocross das Nações, que será disputado nos dias 28 e 29 de setembro em Assen, na Holanda. Ele já embarcou rumo ao país europeu.

Bueno foi convocado para substituir Gustavo Pessoa, que estará ausente da competição para tratar de problemas de saúde. Ao site BRMX, Pessoa afirmou que vem melhorando dos problemas que teve na temporada, mas ainda não se sente 100% e prefere focar em sua recuperação, já que para estar no Motocross das Nações é necessário estar 110% preparado.

Pepe Bueno substitui Gustavo Pessoa no MXoN (Divulgação)

Veja também:
Gajser domina temporada e é campeão da MXGP
Paranaense de Motocross terá etapa em pista inédita
Yamaha apresenta linha 2020 de motocross

Com apenas 22 anos, Pepê é considerado um dos grandes nomes do esporte no país, acumulando diversos títulos estaduais em seu currículo, além de um vice no Brasileiro e um troféu no Arena Cross. Ele também já morou e competiu nos Estados Unidos, onde disputou campeonatos importantes, como o AMA Motocross, Loretta Lynn’s e Mini O’s.

Ele não esconde a felicidade com sua primeira chance na competição, e destaca que alinhar no gate da “Copa do Mundo” de motocross é uma grande oportunidade. “É um sonho que se realiza e vou dar meu melhor para defender o Brasil. Também quero aproveitar para aprender e crescer com a experiência”, afirma Pepe Bueno.

Pepe Bueno vai competir no Motocross das Nações na categoria MX2 (Divulgação)

A pista do Autódromo de Assen é extremamente técnica, com terreno arenoso, exigindo bastante preparo. “Já corri em locais parecidos como o AMA Motocross, em Southwick, nos Estados Unidos, e o Europeu, em Ottobiano, na Itália. Mas estou me preparando por aqui e também irei treinar na Holanda antes da corrida”, explica.

Além de Bueno, o Brasil será representado no Motocross das Nações por Fábio Santos (MXGP) e Ramy Alves (Open). A equipe brasileira será chefiada por Manuel Carlos Hermano, o Cacau.