Card image
Competições
Pepê Bueno encara três provas de motocross nos EUA

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 25/02/2016
  • Por: admin

<p><span style="line-height: 1.6em;">O paranaense Pepê Bueno, de 18 anos, corre nas próximas semanas três grandes prova de motocross nos Estados Unidos. </span><span style="line-height: 1.6em;">O atleta já está nos EUA, fazendo sua preparação no centro de treinamento Millsaps Training Facility (MTF), no estado da Georgia. Com o mecânico Williams de Miranda, ele treina para a maratona que começa daqui no próximo fim de semana.</span></p>

<p><img alt="Pepê Bueno" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_pepe_bueno_201_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>O primeiro desafio será uma classificatória de área para o Loretta Lynn 2016. O evento acontecerá em Jacksonville, Florida, nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro. Este é o primeiro passo para conseguir uma vaga na principal competição de amadores dos EUA, que acontece em agosto. É preciso passar da classificatória de área, e depois da classificatória regional, para correr o Loretta Lynn. Pepê correrá na categoria 250B, uma das mais concorridas do circuito amador americano. Sua moto é uma KTM 250 SX.<br />
<br />
"A ideia inicial era correr na 250A, na qual já estão os pró, mas como ano passado quase não corri nos EUA, a Colleen (proprietária do MTF e mãe de Davi Millsaps) aconselhou a correr na 250B. Eu gostaria de me inscrever na 250A, mas por fim achamos melhor seguir o conselho dela", explica Pepê.<br />
<br />
A segunda competição desta maratona será a mais glamurosa. Nos dias 6 e 7 de março, Pepê corre em Daytona, na mesma pista que recebe a nona etapa do AMA Supercross no dia 5. O evento se chama Ricky Carmichael Supercross (RCSX) e será transmitido ao vivo pela internet.<br />
<br />
"Estou bem preparado e sei que tenho condições de brigar entre os cinco primeiros da 250B. É uma categoria muito disputada, com nomes como Jordan Bailey, Dylan Walsh, Jake Msterpool, Garrett Marchbanks, Jayce Pennington e mais uns quantos bons", lembra Pepê.<br />
<br />
Por fim, o piloto paranaense correrá o tradicional Oakhill International Motocross, no estado do Texas. A competição chega a sua 40ª edição neste ano, sempre reunindo os melhores do país. "Será uma grande experiência participar destes três eventos. Depois volto ao Brasil para a abertura do Arena Cross. Espero fazer uma grande temporada na MX2 em 2016", finaliza.<br />
 </p>

Conteúdo Recomendado

Comentários