Card image
Competições
Mundial de Superbike começa épico; Rea na frente

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 27/02/2016
  • Por: admin

<p>Neste sábado (27), Phillip Island, na Austrália, sediou a primeira corrida da etapa de abertura da temporada 2016 do Mundial de Superbike, prova que foi SENSACIONAL!</p>

<p>O motivo? Além da exibição de gala de Jonathan Rea, atual campeão da categoria, com a nova Kawasaki ZX-10R, a etapa teve momentos onde haviam duas Kawasaki, duas Ducati (com Chaz Davies tendo saltado de nono para terceiro!), duas Honda e duas Yamaha na sequência e muito próximas!</p>

<p>Um equilíbrio técnico que não é comum no próprio Mundial de Superbike, que mostra o importante trabalho nos bastidores nas melhorias do regulamento técnico e simplesmente raro, para não dizer impossível de acontecer, na famosa MotoGP.</p>

<p><img alt="Pelotão com 8 pilotos, de 4 diferentes fábricas. Sinal de equilíbrio técnico no regulamento e de show para os aficionados!" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_mundial_superbike_australia_race_1_2016_fabricas_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>O pole Tom Sykes perdeu a liderança nos primeiros metros após a largada para o colega de equipe Rea, que fez o primeiro ‘holeshot’ da temporada. Sykes pressionou e reassumiu por duas vezes a liderança, com ultrapassagens no mesmo ponto, a entrada da curva após a reta principal do circuito.</p>

<p><img alt="Na primeira exibição de 2016, após o título de 2015, o campeão Jonathan Rea voou baixo na Austrália com a nova geração da Kawasaki ZX-10R" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_mundial_superbike_australia_race_1_2016_rea_kawasaki_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Na sequência, as Ducati de Chaz Davies e Davide Giugliano soltando faíscas em constantes trocas de posições com a Honda do promissor Michael Van Der Mark de penetra na ‘festa’, em ótimo exibição. </p>

<p>Faltando 15 voltas (de 22 no total) para o fim da corrida, Sykes perdeu rendimento e perdeu posições para as Ducati e as Honda, ficando na quinta posição. Van Der Mark chegou a ficar na segunda posição, mas Davies recuperou a posição logo e foi para cima do líder Rea, que vinha em uma prova perfeita, conseguindo a liderança para a Ducati na última volta!</p>

<p><img 2015.="" a="" alt="Sykes repetiu o " de="" durante="" fez="" height="467" largou="" mas="" perdeu="" rendimento="" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_mundial_superbike_australia_race_1_2016_sykes_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Só que na pista, Rea voa baixo com a sua ZX-10R, e bastaram alguns metros para tirar uma manobra perfeita da cartola (ou do capacete) e reassumir a liderança, vencendo a primeira corrida do ano por apenas 0s063 na frente do piloto Ducati. Van Der Mark colocou a Honda no terceiro lugar do pódio (+ 0s487), mostrando que tem competência para lutar por resultados, mesmo com uma moto que não é a mais competitiva do grid. Três pilotos de três diferentes fábricas. Equilíbrio ótimo para o crescimento da motovelocidade!</p>

<p><img alt="Primeiro pódio de 2016 no Mundial de Superbike teve Kawasaki, Ducati e Honda em etapa patrocinada pela Yamaha…" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_mundial_superbike_australia_race_1_2016_podio_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>E o Nicky Hayden? O popular piloto norte americano que veio da MotoGP estava lá, mas pouco fez, além de se manter na frente das Yamaha boa parte da prova, que retornaram ao Mundial, e andaram menos que a concorrência… Alex Lowes que era o melhor Yamaha na pista, mas caiu perto do final da prova e o colega de equipe Sylvain Guintoli finalizou apenas com a sexta posição. Esperávamos mais da Yamaha e de Hayden. Vamos acompanhar o resto da temporada.</p>

<p><img alt="Na estréia de Nicky Hayden no Mundial de Superbike, um nono lugar, depois de segurar a dupla da Yamaha boa parte da prova" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_mundial_superbike_australia_race_1_2016_hayden_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Na madrugada do domingo (28), aconteceu a segunda bateria, vencida também pela ZX-10R de Jonathan Rea, com a Honda de Mark Van Der Mark em segundo e a Ducati de Davide Giugliano em terceiro, que ‘herdou’ a vaga no pódio que seria do colega de equipe Chaz Davies, se não estivesse buscando a todo custo a vitória e acabando no chão com a sua Panigale e finalizando apenas em 10º… Como diz o velho ditado, ‘Quem quer tudo, nada tem…’ Até a próxima!</p>

Conteúdo Recomendado

Comentários