Card image
Competições
Sertões: Motul fecha patrocínio master e batiza categoria Self

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 02/06/2020
  • Por: Willian Teixeira

Presente em competições como MotoGP, Mundial de Superbike e MXGP, a Motul tornou-se a nova patrocinadora master do Sertões, o maior rally das Américas. O anúncio foi feito durante coletiva realizada nesta segunda-feira, 1º de junho, que contou com participação dos CEOs Guillaume Pailleret, da Motul, e Joaquim Monteiro, da Dunas Race, empresa que organiza o Sertões.

O patrocínio é a maior ação do gênero promovida pela Motul no Brasil. Envolve a presença da marca em todas as etapas e modalidades da competição, fornecimento de lubrificante, acompanhamento técnico, além da chancela e parceria no Sertões Virtual By Motul e na categoria Self, que passa a se chamar Self by Motul.

Motul e Sertões
Motul renova patrocínio ao Sertões e batiza categoria Self (Magnus Torquato)

Veja também:
Único brasileiro das motos no Dakar 2020 estará no Sertões

Conheça o Saúde e Alegria no Sertões (SAS)
Sertões 2019: Tunico Maciel é bicampeão entre as motos

Pailleret celebrou o patrocínio e o batismo da categoria Self, e lembrou que o novo compromisso com o Sertões representa o coroamento de uma relação que foi construída entre as marcas ao longo do tempo. “Começamos apoiando equipes e pilotos, estivemos desde o início da Self, que cresceu, encorpou e virou uma categoria dentro da prova. E, a partir deste ano, Motul e Sertões estão juntos e misturados”, comemora o CEO da Motul.

A categoria Self by Motul é composta por pilotos de motocicletas que vão disputar o Sertões totalmente sozinhos, cumprindo todas as etapas da competição por conta própria, ou seja, sem apoio de uma equipe. Eles terão de pilotar, navegar e consertar seus equipamentos sempre que necessário. Além disso, eles dormem em dormem em barracas, não é permitido acomodação em hotéis ou motorhomes, e cuidam da sua aventura contando apenas com a ajuda de outros pilotos. A organização fornece apenas o socorro e a assistência médica, transporte das bagagens de cada um, além das planilhas e da cronometragem.

Tunico Maciel, da Honda, é o atual campeão do Sertões entre as motos (Mundo Press)

“Preservamos esse espírito na Self by Motul, mas vamos dar mais de condição para os pilotos mostrarem sua habilidade e resiliência”. Na largada, como é tradição, eles receberão um kit com ferramentas, acessórios e barraca e, ao longo das etapas, terão à disposição a cada cidade uma estrutura para se alimentar, dormir e revisar as motos. “Com o apoio da Motul, a categoria Self sobe de nível e se consagra como a porta de entrada para quem busca uma aventura incrível”, assegura Joaquim Monteiro, CEO da Dunas, empresa que organiza o Sertões.

Já o Sertões Virtual by Motul nasceu para movimentar os competidores do Sertões durante o isolamento social. Com apoio técnico da PlayStation e da ApexGT/AD78, mais de 60 pilotos e navegadores se inscreveram para participar de um rally virtual que em nada fica devendo a uma prova off-road de verdade por conta do alto grau de realismo dos games atuais. As disputas foram transmitidas ao vivo pelas redes sociais do Sertões, e teve como vencedor Lucas Moraes, atual campeão do rally na categoria Carros.

Na categoria Self by Motul o motociclista compete por conta própria, sem equipe (Doni Castilho)

O Sertões terá sua largada na capital São Paulo depois de 18 anos afastado do maior centro econômico da América Latina. Da megalópole os competidores partem em direção ao Ceará, encarando cerca de cinco mil quilômetros de desafios, terra, pedras e poeira.

A prova, que estava prevista para acontecer entre 14 e 23 de agosto, foi adiada para novembro por causa do coronavírus. Agora, a largada será na capital paulista em 7 de novembro, e a chegada será em 15 de novembro na Vila Preá, perto da entrada do Parque Nacional de Jericoacoara no Ceará.

Além da Motul, o Sertões 2020 conta com patrocínio de Mitsubishi Motors, Honda, Sabesp, Divino Fogão e Pro Tork.