Card image
Competições
MotoGP:Lorenzo vence de novo e desce o martelo na Catalunha

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 18/06/2018
  • Atualizado: 23/07/2018 às 18:55
  • Por: Carlos Bazela

MotoGP, Mundial de Motovelocidade, motos, motovelocidade, competições, Suzuki, Suzuki Ecstar, contrato, Montmeló, Catalunha, Espanha, Américas, Aprilia, GSX-RR, Andrea Iannone, Jorge Lorenzo, Honda, Ducati, Yamaha, Movistar, Repsol, Pramac, Avintia, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, Tito Rabat, Cal Crutchlow, Valentino Rossi, Hafizh Syahrin, Johann Zarco, Danilo Petrucci, Dani Pedrosa, Maverick ViñalesA temporada 2018 da MotoGP ficou ainda mais interessante neste domingo com o Grande Prêmio da Catalunha. Depois de fazer o melhor tempo nos treinos livres e de largar na pole, o espanhol Jorge Lorenzo da Ducati continuou com seu ótimo desempenho e venceu sua segunda corrida consecutiva. Seu futuro companheiro de equipe, Marc Márquez da Repsol Honda, foi o segundo colocado e Valentino Rossi fechou o pódio, colocando a Movistar Yamaha em terceiro lugar.

“A vitória de hoje foi realmente fantástica. Nós mostramos que podemos vencer não só ao entrar na primeira curva em primeiro lugar, mas também em retomadas e ultrapassagens. Foi uma corrida complicada, pois eu larguei mal e perdi alguns metros para Márquez, mas eu disse a mim mesmo que a corrida ainda ia ser longa e eu precisava manter a calma”, disse Lorenzo.

Mesmo já confirmado na Honda para o ano que vem, o piloto espanhol parece ter finalmente se entendido com sua Desmosedici GP e elogiou a moto. “Tanto Dovi quanto eu estávamos competitivos. A Desmosedici funciona bem virtualmente em qualquer pista. Ela não consome muito os pneus e isso é uma grande vantagem” disse ele, que levou um martelo de espuma para a comemoração, em alusão a sua marca registrada, o martelo, expressão que usa quando precisa apertar o ritmo na corrida e a manteiga, quando precisa tirar um pouco a mão e ir mais suave.

MotoGP, Mundial de Motovelocidade, motos, motovelocidade, competições, Suzuki, Suzuki Ecstar, contrato, Montmeló, Catalunha, Espanha, Américas, Aprilia, GSX-RR, Andrea Iannone, Jorge Lorenzo, Honda, Ducati, Yamaha, Movistar, Repsol, Pramac, Avintia, motociclismo, Motociclismo Online, Revista Motociclismo, Tito Rabat, Cal Crutchlow, Valentino Rossi, Hafizh Syahrin, Johann Zarco, Danilo Petrucci, Dani Pedrosa, Maverick ViñalesSeu parceiro de equipe, Andrea Dovizioso, entretanto, não deu tanta sorte e abandonou a prova já quase no final dela. “A queda foi minha culpa porque eu estava pressionando muito.  Eu não queria perder o contato [visual] com Jorge e Marc. Foi realmente uma pena, pois mais uma vez estávamos rápidos e poderíamos ter marcado muitos pontos”, lamentou Dovi.

Veja abaixo como fica a classificação geral da MotoGP após o GP da Catalunha. A próxima etapa do Mundial de Motovelocidade, a oitava da temporada 2018, acontece no circuito de Assen, na Holanda em 1º de julho.

 

Classificação geral:

  1. Marc Márquez / Repsol Honda – 115 pontos
  2. Valentino Rossi / Movistar Yamaha – 88 pontos
  3. Maverick Viñales / Movistar Yamaha – 77 pontos
  4. Johan Zarco / Yamaha Tech 3 (satélite) – 73 pontos
  5. Danilo Petrucci / Ducati Pramac (satélite) – 71 pontos
  6. Cal Crutchlow / LCR Honda (satélite) – 69 pontos
  7. Jorge Lorenzo / Ducati – 66 pontos
  8. Andrea Dovizioso / Ducati – 66 pontos
  9. Andrea Iannone / Suzuki Ecstar – 66 pontos
  10. Jack Miller / Ducati Pramac (satélite) – 49 pontos

Conteúdo Recomendado

Comentários