Card image
Competições
MotoGP: Rossi vence na Catalunha; Márquez é líder

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 05/06/2016
  • Por: admin

<p>Nesse domingo, dia 5, foi realizada a sétima etapa do Mundial de Motovelocidade. O Grande Prêmio da Catalunha.  A prova foi marcada pela morte do piloto Luis Salom, após acidente na curva 12 no segundo treino livre da categoria Moto2, na sexta-feira, dia 3.</p>

<p>A organização cogitou cancelar a prova, mas a família de Salom pediu que a etapa fosse realizada. A organização usou o traçado de Fórmula 1, com três alterações do circuito original, como medida de segurança. <span style="line-height: 1.6em;">Jorge Navarro fez a alegria dos espanhóis vencendo a corrida na Moto3. Na Moto2, o atual campeão da categoria, Johann Zarco, voltou a vencer. </span></p>

<p><img alt="Jorge Lorenzo chegou na Catalunha com a liderança e largou da primeira fila, em segundo" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_motogp_2016_6_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Na MotoGP, Marc Márquez tinha a pole, com Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa completando a primeira fila. Na corrida, Lorenzo largou na frente, seguido por Márquez. Valentino Rossi largou mal, mas em rápida recuperação, partiu para o ataque atrás de Márquez e Lorenzo. Com problema de aderência no pneu dianteiro, Lorenzo começou a perder desempenho e posições na prova.</p>

<p>Rossi logo assumiu a liderança, seguido por Márquez, com Lorenzo em terceiro. Dani Pedrosa e Maverick Viñales travaram uma forte disputa pelo terceiro lugar, vencida por Pedrosa. </p>

<p><img alt="Andrea Iannone atacou novamente. A vítima da vez foi Jorge Lorenzo" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_motogp_2016_3_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Novamente – e infelizmente – Andrea Iannone ganhou destaque por um motivo ruim. Depois de derrubar Andrea Dovizioso, colega de equipe na Ducati, na penúltima curva da etapa na Argentina, quando as duas Ducati estariam no pódio, derrubou Lorenzo – que assumirá a vaga de Iannone na Ducati em 2017 -, comprometendo a temporada do até então líder na classificação da MotoGP. Em Mugello, Iannone queria provar para a Ducati que eles haviam escolhido o piloto errado. Com mais esse erro, Iannone provou o contrário…</p>

<p>A prova seguiu, com Rossi na liderança e Márquez em segundo. Faltando cinco voltas, Márquez partiu para o ataque, tornando a prova bem emocionante. Márquez chegou a ultrapassar Rossi, mas a Honda não está bem acertada quanto a Yamaha de Rossi (e de Lorenzo) e o piloto Honda perdeu a liderança quando iniciou a penúltima volta. Rossi venceu e Márquez ficou com o segundo lugar (+2s652). No parque fechado, Márquez declarou que após saber que Lorenzo estava fora da prova, mudou a estratégia, para garantir a liderança. </p>

<p><img alt="Com a melhor moto do grid, Valentino Rossi não teve dificuldade para superar Marc Márquez na Catalunha" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_motogp_2016_9_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Dani Pedrosa passou despercebido, mas fez uma boa etapa, ficando em terceiro no qualificatório e em terceiro na corrida (+6,313). Pedrosa declarou após a prova que seus pneus ‘acabaram’ faltando 6 voltas e era impossível buscar Márquez.</span></p>

<p><img alt="Na sombra dos galáticos rivais, Dani Pedrosa fechou a etapa com pódio" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_motogp_2016_4_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Maverick Viñales terminou em quarto (+24,388). A melhor Ducati na prova foi a de Andrea Dovizioso – que também reclamou de problema nos pneus -, finalizando a prova em sétimo lugar (+41s464). No parque fechado, Márquez tomou a iniciativa e foi cumprimentar Rossi.</p>

<p><img alt="Pódio da MotoGP. Em todas as corridas, os pilotos usaram camiseta em homenagem a Luis Salom" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_motogp_2016_8_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Um gesto importante para tentar por fim ‘muro’ que Rossi colocou entre ele e Márquez, após a caótica prova em Sepang, em 2015. Vale lembrar que após o qualificatório no sábado, Rossi reclamou das mudanças no circuito, alegando que eram para favorecer o piloto Honda. Declaração que deixou alguns pilotos bravos, como Pol Espargaró e Bradley Smith, pois Rossi, Lorenzo e Márquez não estavam com a Comissão de Segurança na sexta, para ajudar na definição das ações para melhorar a segurança da etapa.</p>

<table border="1" cellpadding="1" cellspacing="1" style="width:620px;">
<tbody>
<tr>
<td colspan="4" style="text-align: center;"><strong>Os 5 melhores na classificação da MotoGP após o GP da Catalunha</strong></td>
</tr>
<tr>
<td style="text-align: center;"><strong>Piloto</strong></td>
<td style="text-align: center;"><strong>Equipe</strong></td>
<td style="text-align: center;"><strong>Pontos</strong></td>
<td style="text-align: center;"><strong>Diferença</strong></td>
</tr>
<tr>
<td style="text-align: center;">Marc Márquez #93</td>
<td style="text-align: center;">Honda</td>
<td style="text-align: center;">125</td>
<td style="text-align: center;"><strong>Líder</strong></td>
</tr>
<tr>
<td style="text-align: center;">Jorge Lorenzo #99</td>
<td style="text-align: center;">Yamaha</td>
<td style="text-align: center;">115</td>
<td style="text-align: center;">-10</td>
</tr>
<tr>
<td style="text-align: center;">Valentino Rossi #46</td>
<td style="text-align: center;">Yamaha</td>
<td style="text-align: center;">103</td>
<td style="text-align: center;">-22</td>
</tr>
<tr>
<td style="text-align: center;">Dani Pedrosa #26</td>
<td style="text-align: center;">Honda</td>
<td style="text-align: center;">82</td>
<td style="text-align: center;">-43</td>
</tr>
<tr>
<td style="text-align: center;">Maverick Viñales #25</td>
<td style="text-align: center;">Suzuki</td>
<td style="text-align: center;">72</td>
<td style="text-align: center;">-53</td>
</tr>
</tbody>
</table>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Nesta segunda-feira, dia 6, os pilotos da MotoGP continuaram na Catalunha para um dia de testes oficiais. Bradley Smith foi o piloto que mais andou no circuito, com 83 voltas e ficando apenas com o 12º melhor tempo (1min45s670).</span><span style="line-height: 1.6em;">Cal Crutchlow (Honda satélite) foi o mais rápido, com 1min43s963, superando a Yamaha de Jorge Lorenzo (+0s239) e a Suzuki de Maverick Viñales(+0s347). </span></p>

<p><img alt="Cal Crutchlow deu 73 voltas no circuito e terminou o dia com o melhor tempo" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/cal.crutchlow_.motogp__620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Assen receberá <strong>a oitava etapa da temporada no dia 26 de junho, com o Grande Prêmio da Holanda</strong>. Uma curiosidade é que pela primeira vez na história, a corrida será no domingo. Até 2015, as corridas eram no sábado, porque no domingo, a movimentação de fãs de motovelocidade na cidade atrapalhava a realização da missa na igreja próxima ao circuito. </p>

Conteúdo Recomendado

Comentários