Card image
Competições
MotoGP repete em 2022 feito que não acontecia há 50 anos

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 18/04/2022
  • Por: Willian Teixeira

Até o momento a temporada 2022 da MotoGP teve quatro provas realizadas, os GPs do Catar, Indonésia, Argentina e das Américas. E essas quatro etapas repetiram um feito que não acontecia há 50 anos: todas as corridas realizadas até agora foram vencidas por motos europeias: Aprilia, Ducati e KTM.

Na temporada de 1972 as quatro primeiras provas das 500cc foram vencidas pelo italiano Giacomo Agostini e sua MV Agusta, enquanto este ano temos três vencedores diferentes: o italiano Enea Bastianini e sua Ducati da Gresini Racing, o português Miguel Oliveira da KTM e o espanhol Aleix Espargaró, que conquistou sua primeira vitória no Mundial de Motovelocidade correndo pela Aprilia.

MotoGP repete em 2022 feito que não acontecia há 50 anos
A Ducati de Bastianini sendo perseguida por Marc Márquez no GP do Catar. O italiano é o atual líder do campeonato (Foto: Gresini Racing/Arquivo)

Com os resultados de 2022, temos três marcas europeias no top-4 do Mundial de Construtores. A Ducati lidera, com 86 pontos, com a KTM, que tem 59 pontos e a vice-liderança. A “intrusa” da vez é a Suzuki, que aparece no terceiro lugar com 57 pontos, seguida da Aprilia, que fecha o ranking das quatro primeiras, com 51 pontos. Nos últimos lugares aparecem Yamaha e Honda, com 44 e 34 pontos, respectivamente.

MotoGP repete em 2022 feito que não acontecia há 50 anos
O português Miguel Oliveira, da KTM, comemora sua vitória na Indonésia (Foto: KTM/Arquivo)

Veja também:
Em Austin, Rins conquista pódio 500 da Suzuki em Mundiais
Após pausa de dois anos, Bananalama retorna em 2022
Miller diz que não se incomodaria com eventual retorno à Pramac

Outro detalhe que chama muita atenção nesta temporada é a quantidade de pilotos que já foram ao pódio. Dos 24 competidores inscritos neste campeonato (25 se considerarmos Stefan Bradl, que substituiu Marc Márquez no GP da Argentina), 10 frequentaram os desejados degraus. Enea Bastianini e Alex Rins já subiram duas vezes ao pódio, acompanhados por Aleix Espargaró, Brad Binder, Fabio Quartararo, Jack Miller, Jorge Martin, Johann Zarco, Miguel Oliveira e Pol Espargaró, cada um com um pódio.

A MotoGP está de volta neste final de semana para o GP de Portugal, em Portimão. Será que teremos mais uma vitória de uma moto do Velho Continente? Ou as japonesas vão se animar com a estreia da fase europeia e iniciarão uma recuepração no campeonato? Você confere a cobertura completa do Mundial de Motovelocidade em RACING Online.

MotoGP repete em 2022 feito que não acontecia há 50 anos
Aleix Espargaró em ação com sua Aprilia no circuito de Termas de Rio Hondo, palco de sua primeira vitória na MotoGP (Foto: Aprilia Racing/Arquivo)

Conteúdo Recomendado

Comentários