Card image
Competições
MotoGP: Quartararo vence e retoma liderança

10 Minutos de leitura

  • Publicado: 28/09/2020
  • Por: Leo Pereira

Neste final de semana tivemos o GP da Catalunha, oitava etapa da MotoGP e a nona de Moto2 e Moto3 em 2020. (*Por Léo Pereira)

A pista, que tem um total de 4.627 metros, foi construída em 1991. No ano seguinte recebeu as provas de ciclismo dos Jogos Olímpicos de Barcelona. O traçado sofreu várias alterações desde sua construção, sendo uma das últimas realizada após o trágico acidente com Luis Salom. O espanhol caiu na curva Europar durante o segundo treino livre da Moto2, em 2016, e acabou falecendo devido a gravidade dos ferimentos.

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança

Segundo a telemetria da moto, Salom vinha atrasando cada vez mais sua frenagem na curva e, na volta do trágico acidente, ele estava muito rápido e foi obrigado a “alicatar” os freios, perdendo a frente da sua moto. Ela foi escorregando na frente dele e se chocou contra a barreira de proteção, assim como o piloto ,que deslizou em direção a barreira e acabou se chocando com a própria motocicleta.

A MotoE “tirou folga” e não correu neste final de semana na Catalunha. Eles voltam apenas em Le Mans para uma rodada dupla que marca o encerramento da temporada 2020 da categoria de motos elétricas, marcada para os dias 10 e 11 de outubro.

Moto3

A etapa da Catalunha seria uma boa oportunidade para o espanhol Albert Arenas, líder do campeonato se consolidar na liderança e abrir vantagem para o segundo colocado, o Japonês Ai Ogura. Como nada em 2020 acontece como previsto, ou planejado, Arenas se envolveu em um acidente com John McPhee na volta 6. O britânico disputava a vice-liderança da prova com o espanhol, mas perdeu a frente de sua moto, foi ao chão e levou junto o líder do campeonato.

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Darryn Binder (Divulgação/MotoGP)

O sul-africano Darryn Binder, irmão de Brad Binder (piloto da KTM na MotoGP), que largou na nona posição, rapidamente chegou no pelotão da frente e já na volta 7, dividia posições com Arbolino e Gabriel Rodrigues pela liderança da corrida. Nas ultimas voltas, o italiano Dennis Foggia entra na disputa do primeiro lugar em um pelotão de 5 motocicletas, mas a vitória acabou ficando com o caçula da família Binder, mais um vencedor diferente em 2020 na Moto3 e a primeira vitória do ano do sul-africano, seguido de Arbolino e Foggia.

CLASSIFICAÇÃO DA MOTO3 APÓS O GP DA CATALUNHA
1             Ai OGURA – Honda – JPN – 122 pontos
2             Albert ARENAS – KTM – SPA – 119 pontos
3             John MCPHEE – Honda – GBR – 98 pontos
4             Tony ARBOLINO – Honda – ITA – 95 pontos
5             Celestino VIETTI – KTM – ITA – 94 pontos
6             Tatsuki SUZUKI – Honda – JPN – 75 pontos
7             Jaume MASIA – Honda – SPA – 70 pontos
8             Gabriel RODRIGO – Honda – ARG – 69 pontos
9             Raul FERNANDEZ – KTM – SPA – 64 pontos
10           Darryn BINDER – KTM – RSA – 62 pontos

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Binder puxa o pelotão na corrida da Moto3 (Divulgação/MotoGP)

Moto2

Os treinos classificatórios da categoria Moto2,que usam os motores 765 Triumph em todas as motocicletas da categoria, mostram o tamanho da competitividade no GP da Catalunha com o resultado dos tempos do sábado.

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Luca Marini (Divulgação/MotoGP)

Irmão de Valentino Rossi e líder da temporada, Luca Marini fez a pole position com o tempo de 1”43.355. Outros 16 pilotos andaram no mesmo segundo do piloto da equipe VR/46. O Italiano Nicolo Bulega que fechou o classificatório na décima sexta posição, fez o tempo de 1”44.349.

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Luca Marini (Divulgação/MotoGP)

Marini foi perseguido de perto nas primeiras voltas por Giannantonio e Sam Lowes. No decorrer da corrida, Marini e Lowes foram abrindo do segundo pelotão e faltando 7 voltas para o final, Lowes ultrapassou Marini na frenagem da curva 1.

Porém, Marini não deixou Lowes escapar e conseguiu acompanhar o ritmo do britânico. Até que, faltando duas voltas para o final, Sam Lowes cometeu alguns erros e permitiu a aproximação de Marini que, devolveu a ultrapassagem na mesma moeda, também na frenagem da curva 1, e abriu uma boa vantagem para cruzar a linha de chegada tranquilo!

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Pela Moto2, Luca Marini vence na Catalunha (Divulgação/MotoGP)

Enea Bastianini, que é o vice-líder do campeonato, foi mal nos classificatórios largando em 11º primeiro, mas conseguiu recuperar algumas posições e fechou a prova na 6ª colocação. Bezzecchi que está em 3º no campeonato, largou na segunda fila, em 6º, e terminou a corrida em 7º.

CLASSIFICAÇÃO DA MOTO2 APÓS O GP DA CATALUNHA
1             Luca MARINI – Kalex – ITA – 150
2             Enea BASTIANINI – Kalex – ITA – 130
3             Marco BEZZECCHI – Kalex – ITA – 114
4             Sam LOWES – Kalex – GBR – 103
5             Jorge MARTIN – Kalex – SPA – 79
6             Tetsuta NAGASHIMA – Kalex – JPN – 72
7             Aron CANET – Speed Up – SPA – 61
8             Xavi VIERGE – Kalex – SPA – 59
9             Thomas LUTHI – Kalex – SWI – 57
10           Joe ROBERTS – Kalex – USA – 56

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Pela Moto2, Luca Marini vence na Catalunha (Divulgação/MotoGP)

MotoGP

A Yamaha dominou os treinos do final de semana: FP1 Quartararo, FP2 Morbidelli, FP3 Quartararo, FP4 Vinales e o Q2 com a pole position do italiano Franco Morbidelli, seguido por Quartararo, Rossi e com Viñales na 5ª posição. Ou seja, a Yamaha colocou quatro de suas motos nas cinco primeiras posições do grid de largada.

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Morbidelli comemora pole na Catalunha (Divulgação/MotoGP)

Nem a reta com pouco mais de 1km de distancia do circuito de Montmeló onde as Ducatis estavam atingindo 350 km/h contra 340km/h das Yamahas, foram suficientes para o atual líder do campeonato Andrea Dovizioso andar na frente. Dovi que aliás, largou em sua pior posição do ano, conseguindo apenas a 17ª posição!

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Morbidelli fez a pole na Catalunha (Divulgação)

A corrida

Já na primeira volta na curva 2, o final de semana de Andrea Dovizioso na Catalunha que já era ruim, terminou de forma terrível: Danilo Petrucci tomou um leve “high side” quase caindo de sua motocicleta. Com isso, Johann Zarco, que vinha logo atrás, deu um leve toque na roda traseira de Petrux, caiu e levou Dovi com ele para o chão, provocando o abandono de ambos com poucos segundos de corrida.

Galeria: sequência do acidente entre Zarco e Dovizioso (Divulgação/MotoGP)

  • Deu Quartararo na Catalunha! - por Léo Pereira
  • Deu Quartararo na Catalunha! - por Léo Pereira
  • Deu Quartararo na Catalunha! - por Léo Pereira

Morbidelli largou bem e manteve a liderança. Rossi conseguiu a segunda posição ainda na primeira volta e passou a escoltar o italiano, que será seu companheiro na SRT Yamaha em 2021. Já Viñales mais uma vez largou mal, caindo da quinta colocação para o 15º lugar Quem mais uma vez deu um salto na largada foi Alex Rins, que pulou com sua Suzuki de 13º para sétimo.

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Morbidelli lidera a prova, seguido de Rossi (Divulgação)
MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Morbidelli lidera prova, até ser superado por Quartararo (Divulgação)

Na volta 6, Quartararo passou Rossi. Três  voltas depois o francês superou Morbidelli e assumiu a liderança da corrida, enquanto entre a quarta e a décima posição, estavam as duas Ducatis satélite, as duas Suzukis de fábrica e as duas KTM de fábrica. Espargaró caiu na curva 1 na 13ª volta. Rossi foi ao chão na volta de número 16 também na curva 2, lamentando muito seu abandono e sentindo ter jogado fora a oportunidade do pódio de número 200.

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Fabio Quartararo (Divulgação/MotoGP)

Morbidelli passou a perder rendimento em sua moto e foi superado por Mir e Rins. Enquanto isso, Quartararo administrou a diferença de 1 segundo para Mir até cruzar a linha de chegada. Pela primeira desde 2007 vez tivemos duas Suzukis no pódio.

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Quartararo vence e pula na liderança da MotoGP com oito pontos de vantagem para Mir (Divulgação/MotoGP)
MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Duas Suzuki no pódio pela primeira vez desde 2007 (Divulgação/MotoGP)

Analise do Léo Pereira

Com a terceira vitória na temporada 2020, Fabio Quartararo assume novamente a liderança do Campeonato com uma diferença de apenas oito pontos para o novo vice-líder, Joan Mir. Com apenas 23 anos, o jovem espanhol vem mostrando ter muita intimidade com sua Suzuki.

Mir conhece bem a moto, sabe quando economizar os pneus e nota em que momento pode tirar todo o potencial do seu equipamento. Os resultados das últimas corridas provam isso. O que a Suzuki ainda precisa é de conhecimento de todos: é se classificar melhor para o grid de largada.

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Joan Mir: quatro pódios na temporada, três nas últimas provas (Divulgação/MotoGP)

Assim como outros pilotos que estão na MotoGP, Joan Mir começou sua carreira na categoria Red Bull Rookies Cup, onde conquistou o segundo lugar no primeiro ano. Depois disso em 2015, correu no FIM CEV Repsol Moto3 ™ onde terminou a temporada em quarto lugar com algumas vitórias incríveis.

Em 2016, começou na Moto3 com a equipe Leopard Racing a bordo de uma KTM onde foi eleito o estreante do ano. Em 2017, Mir permaneceu com a Leopard com a Honda, e somou impressionantes dez vitórias. No ano seguinte, subiu para a Moto2 para ser companheiro de Alex Marquez na Marc VDS e logo na sequência, veio o contrato com a Equipe Suzuki para a MotoGP.

MotoGP: Quartararo vence na Catalunha e assume liderança
Quartararo no pódio com Mir e Rins (Divulgação/MotoGP)

Mir é um sério candidato ao título da MotoGP em 2020, já que Dovizioso que foi vice campeão nas ultimas 3 temporadas continua se queixando dos novos pneus Michelin e Fabio Quartararo ainda não abriu vantagem na liderança do campeonato.

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas redes sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP APÓS O GP DA CATALUNHA
1             Fabio QUARTARARO – Yamaha – FRA – 108
2             Joan MIR – Suzuki – SPA – 100
3             Maverick VIÑALES – Yamaha – SPA – 90
4             Andrea DOVIZIOSO – Ducati – ITA – 84
5             Franco MORBIDELLI – Yamaha – ITA – 77
6             Jack MILLER – Ducati – AUS – 75
7             Takaaki NAKAGAMI – Honda – JPN – 72
8             Alex RINS – Suzuki – SPA – 60
9             Miguel OLIVEIRA – KTM – POR -59
10           Brad BINDER – KTM – RSA – 58

  • Léo Pereira é piloto de motovelocidade e instrutor de pilotagem da Triumph Riding Experience TRX. Também é empresário, representante da AirfenceSafety Systems e editor do anuário da MotoGP, o MotoGPBook Brasil.