Card image
Competições
MotoGP cancela GP da Itália e não corre em Mugello

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 10/06/2020
  • Por: Willian Teixeira

Mais uma baixa no calendário da temporada 2020 da MotoGP. FIM, IRTA e Dorna Sports anunciaram o cancelamento do GP da Itália, disputado em Mugello e uma das provas mais tradicionais da categoria, que deixará de ser realizada pela primeira vez desde 1991.

Programada para o final de maio, a etapa já havia sido adiada anteriormente por causa da pandemia do novo coronavírus. Porém, agora com o remanejamento de outras corridas, o evento italiano está oficialmente cancelado.

MotoGP não vai correr em Mugello na temporada 2020
Mugello deixa de receber a MotoGP pela primeira vez desde 1991 (Divulgação)

Veja também:
Aleix Espargaró renova com Aprilia até 2022
Pol Espargaró pode substituir Alex Marquez na Honda
Petrucci deixa Ducati no fim da temporada da MotoGP

Paulo Poli, CEO do Circuito de Mugello, destaca que não faltaram esforços para a realização da prova, mas lamenta a ausência da prova na temporada 2020 da MotoGP. “Agradecemos a todos os nossos fãs que sempre nos apoiaram nos últimos meses. Os convidamos a voltar em 2021 para o que será, como sempre, um dos eventos mais emblemáticos da temporada”.

MotoGP não vai correr em Mugello na temporada 2020
Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna (Divulgação)

Para Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna Sports, a ausência de Mugello em 2020 é uma grande perda para a MotoGP: “É com o coração pesado que anunciamos esse cancelamento. Infelizmente não encontramos uma solução para os problemas logísticos e operacionais resultantes da reorganização do calendário e não visitaremos o circuito nesta temporada. Esperamos que a situação melhore e estamos ansiosos para voltar a Mugello em 2021”.

Com o cancelamento da corrida em Mugello, a temporada 2020 já totaliza oito provas canceladas: Itália, Catar, Alemanha, Holanda, Finlândia, Gra-Bretanha, Austrália e Japão. A temporada 2020 da MotoGP deve começar entre o final de julho e o início de agosto, com a realização de ao menos 13 etapas, e a decisão final sobre a realização de corridas fora da Europa será oficializada nos próximos dias.