Card image
Competições
MotoGP: Marc Márquez vence o GP das Américas

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 10/04/2016
  • Por: admin

<p><span style="line-height: 1.6em;">Neste domingo, dia 10, foi realizada a terceira etapa do Mundial de Motovelocidade, o Grande Prêmio das Américas, no Texas, Estados Unidos, com público de mais de 56 mil pessoas. Nas corridas preliminares, o italiano Romano Fenati venceu na Moto3 e o espanhól Alex Rins dominou a prova na Moto2.</span></p>

<p><img alt="Cal Crutchlow anunciou antes da prova sua aposentadoria" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/cal.crutchlow_.motogp_.2016__620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A notícia mais importante antes da prova principal, a da MotoGP,  foi o anúncio do piloto Cal Cruthlow, que encerra sua carreira no final da temporada, para se dedicar a família. O piloto não conseguiu nenhuma vitória na MotoGP e errou nestes anos o momento em que decidiu as trocas de equipe.</p>

<p>Após os problemas na Argentina, a Michelin, fornecedora única dos pneus da MotoGP, trabalhou pesado para conseguir em tempo hábil entregar pneus melhores para esta etapa. <span style="line-height: 1.6em;">O pole Marc Márquez escolheu pneu macio na frente e médio na traseira. Jorge Lorenzo e Valentino Rossi optaram por pneu médio nas duas rodas. Na segunda fila, Maverick Vinales escolheu médio na frente e maio na traseira e Crutchlow e Andrea Dovizioso escolheram  médio nas duas rodas.</span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Na largada, sem chuva, holeshot de Márquez, seguido por Lorenzo e Rossi. Com a potência da Ducati, </span><span style="line-height: 1.6em;">Dovizioso assumiu a segunda posição, com Lorenzo em terceiro. Maverick </span><span style="line-height: 1.6em;">Vinales – sondado para ir para a Yamaha em 2017 – largou muito mal e caiu para décimo.</span></p>

<p><img alt="Marc Márquez reencontrou o bom desempenho de 2013 e 2014" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo.marc_.marquez_.2016__620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Na segunda volta, Rossi caiu sozinho na curva 2, após perder a frente. 0 ponto para o ‘Doutor’ nos Estados Unidos. </span><span style="line-height: 1.6em;">Lorenzo reassumiu a segunda posição e a prova deu uma ‘acalmada’ após o inicio muito disputado, com Márquez na ponta, Lorenzo em segundo e Dovizioso em terceiro.</span></p>

<p>Na curva 1, faltando 15 voltas, Pedrosa perdeu a direção da sua moto, caiu e arrebentou a Ducati de Dovizioso. Pedrosa checou imediatamente se Dovizioso estava bem, e logo se desculpou e conseguiu voltar para a pista. Mais uma vez, fim de prova para o ‘azarado’ Dovizioso…</p>

<p><img alt="Após a queda, Pedrosa poderia ter ido pegar sua moto, mas primeiro foi ver se Dovizioso estava bem. " src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/pedrosa.e_.dovizioso_.americasgp__620x467.jpg" style="margin: 0px auto; display: block; width: 620px; height: 467px;" /></p>

<p>Na volta seguinte, na curva 11, Crutchlow caiu e ‘quase foi atropelado’ pela moto de Bradley Smith, que caiu na sequência. Ambos voltaram para a pista. <span style="line-height: 1.6em;">Começou então uma disputa entre os pilotos Suzuki pela quarta posição, que era de Aleix e ficou com Maverick.</span></p>

<p>Faltando 10 voltas, Pedrosa foi para o box, abandonando a prova. Logo, foi até o box Ducati – onde o clima não era dos melhores obviamente – e foi pedir mais uma vez, desculpas ao Dovizioso. Gesto digno. <span style="line-height: 1.6em;">Alheio a todas as ocorrências, Márquez abriu vantagem segura para Lorenzo, com mais de 7 segundos. Iannone também seguiu </span><span style="line-height: 1.6em;">isolado – e seguro -</span><span style="line-height: 1.6em;"> na terceira posição.</span></p>

<p><img alt="Andrea Iannone tinha uma missão no Texas. Ganhar credibilidade com a Ducati após o erro na Argentina" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/andrea.iannone_.2016_.americasgp__620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Com um fim de prova ‘tedioso’, Marc Márquez conquistou a segunda vitória na temporada 2016, acumula 66 pontos, abrindo ainda mais a sua vantagem em 21 pontos sobre o vice-líder, Jorge Lorenzo, segundo colocado na prova (+ 6s1) e agora também na classificação geral, com 45 pontos.</p>

<p><img alt="Jorge Lorenzo consegue recuperar o prejuízo da queda na Argentina com o segundo lugar no pódio no Texas" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/jorge.lorenzo_.2016_.motogp_.americasgp__620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Andrea Iannone se ‘redime’ do erro na Argentina colocando a Ducati no terceiro lugar nesta etapa (+ 10s9). Rossi é o terceiro na classificação, com 33 pontos, metade do que tem hoje o líder Márquez. <span style="line-height: 1.6em;">Esta foi a quarta vitória – além da quarta pole position – consecutiva de Márquez em Austin. Sem dúvidas, um circuito que o jovem piloto se sente em casa. </span></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários