Card image
Competições
MotoGP: Lorenzo vai ao GP da Catalunha como wildcard

4 Minutos de leitura

  • Publicado: 05/03/2020
  • Atualizado: 06/03/2020 às 8:31
  • Por: Willian Teixeira

Jorge Lorenzo voltará a disputar uma prova da MotoGP pouco tempo depois de sua curta aposentadoria. O piloto espanhol, que anunciou sua retirada das pistas no final do ano passado quando estava na Honda, voltou ao certame em 2020 como piloto de testes da Yamaha.

Lorenzo pela Yamaha em 2015 (Divulgação)

Veja também:
WSBK: rodada do Catar é adiada por causa do coronavírus
Triumph Rocket 3 estabelece novo recorde de arrancada
Honda CB 500F e CB 500X diminuem similaridades

Lorenzo já teve a chance de pilotar novamente uma Yamaha YZF-M1 (a do ano passado) nos treinos na Malásia em fevereiro, período de testes oficiais da MotoGP em Sepang.

Agora, a equipe de Iwata confirmou o piloto como wildcard para o GP da Catalunha, que será realizado dia 7 de junho no circuito de Montmeló, em Barcelona, fazendo companhia aos titulares da temporada, Valentino Rossi e Maverick Viñales.

Calendário da MotoGP é confirmado

Após incertezas em relação as duas primeiras etapas por causa do coronavírus, a temporada 2020 da MotoGP teve seu início confirmado. O Mundial de Motovelocidade terá seu início neste final de semana no Catar. Apenas a MotoGP não competirá em Doha por causa do surto do COVID-19. Moto3 e Moto2 terão suas provas normalmente no circuito de Losail.

Com o cancelamento do GP do Catar, a categoria rainha do Mundial de Motovelocidade terá apenas 19 provas em 2020. O campeonato vai começar em 5 de abril com o GP das Américas, em Austin, nos Estados Unidos.

Temporada 2020 da MotoGP começa em Austin, dia 5 de abril (Divulgação)

Previsto para ser a segunda etapa da temporada, o GP da Tailândia foi remanejado para o dia 4 de outubro, uma semana depois do GP de Aragón, que foi antecipado e será realizado em 27 de setembro.

A principal novidade da temporada é o GP da Finlândia, marcado para 12 de junho em Kymiying. O país não sediava uma prova da categoria desde 1982.

Veja como ficou o calendário da temporada 2020 da MotoGP:

8 de março – GP do Catar (apenas Moto2 e Moto3) – Losail
5 de abril – GP das Américas – Circuito das Américas
19 de abril – GP da Argentina – Termas de Río Hondo
3 de maio – GP da Espanha – Jerez
17 de maio – GP da França – Le Mans
31 de maio – GP da Itália – Mugello
7 de junho – GP da Catalunha – Barcelona
21 de junho – GP da Alemanha – Sachsenring
28 de junho – GP da Holanda – Assen
12 de julho – GP da Finlândia – KymiRing
9 de agosto – GP da República Tcheca – Brno
16 de agosto – GP da Áustria – Red Bull Ring
30 de agosto – GP da Inglaterra – Silverstone
13 de setembro – GP de San Marino – Misano
27 de setembro – GP de Aragón – MotorLand
4 de outubro – GP da Tailândia – Chang
18 de outubro – GP do Japão – Motegi
25 de outubro – GP da Austrália – Philip Island
1 de novembro – GP da Malásia – Sepang
15 de novembro – GP de Valência – Ricardo Tormo

Temporada 2020 é da Fox Sports

A Fox Sports é a nova casa do Mundial de Motovelocidade. O canal transmitirá, com exclusividade para a TV fechada, a temporada 2020 do campeonato após um acordo com a Rio Motorsport, o grupo que vai construir o novo autódromo do Rio de Janeiro.

Fox Sports também transmite provas da MotoE, categoria onde Eric Granado representa o Brasil (Divulgação)

Além da categoria rainha do Mundial de Motovelocidade, os canais também vão transmitir as provas da Moto2 e Moto3, categorias de acesso para a MotoGP, e a MotoE, que é disputada por motos elétricas e tem participação do brasileiro Eric Granado.

No comunicado, a emissora não informa qual será a equipe responsável pelas transmissões, que começam neste domingo, a partir das 10h20 (de Brasília), com as etapadas da Moto2 e da Moto3 no Catar, a . Já a MotoGP terá sua primeira corrida disputada em Austin (Texas), dia 5 de abril.