Card image
Competições
MotoGP: Ducati segue na frente

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 15/03/2015
  • Por: admin

<p><a href="http://carroonline.terra.com.br/motociclismoonline/competicoes/competicoes-competicoes/motogp-ducati-s-na-frente/?rlabs">No primeiro dia de testes, a Ducati finalizou com as duas motos oficiais na ponta.</a> Marc Márquez e outros pilotos alegaram que estavam fazendo testes de componentes e de ajustes da moto para adequar ao circuito, e que no segundo dia, focariam em baixar os tempos de volta. Neste domingo, dia 15, <span style="line-height: 1.6em;">Michele Pirro (#51), piloto de testes da Ducati foi o primeiro a entrar na pista no segundo dia de testes, após a abertura dos boxes em Losail, Qatar, as 10h00 do horário de Brasília, 17h00 no horário local, para uma sessão de seis horas.</span></p>

<p> Jorge Lorenzo (#99) o sexto melhor tempo no primeiro dia, entrou na pista faltando 5h00 para o término do dia, junto com outra Yamaha, a satélite de Pol Espargaró (#40), da Monster Tech3. <span style="line-height: 1.6em;">Marc Márquez, o atual (bi)campeão da categoria, que realizou no primeiro dia testes do sistema de freios, entrou na pista, e chegou a liderar, com 1min55s242, mas Iannone, o melhor no primeiro dia, baixou sua marca para 1min55s104. Então </span><span style="line-height: 1.6em;">Marquez baixou para 1min55s091 e parecia que o dia se encerraria com o atual campeão na ponta.</span></p>

<p><img alt="" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/dovitexto_620x467.jpg" style="margin: 0px auto; display: block; width: 620px; height: 467px;" /></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Mas a</span><span style="line-height: 1.6em;"> Ducati prometeu que entraria na pista com uma novidade na GP15. A novidade foi instalada apenas na moto de Andrea Dovizioso. Basicamente são pequenos aerofólios instalados nas laterais da carenagem para melhorar a estabilidade nas curvas. Este recurso parece ser uma evolução do que já foi utilizado no passado na GP 10 de Casey Stoner e na GP 11 de Valentino Rossi e Nicky Hayden. Um recurso que não trouxe o resultado esperado na época, mas parece ter surtido efeito para Andrea Dovizioso, pois ele baixou o melhor tempo, que era de Márquez, fechando o dia como o único piloto na casa dos 1min54, com exatos 1min54s907. </span><span style="line-height: 1.6em;">Gigi Dall’Igna está provando pouco a pouco que é possível ter uma Ducati competitiva, e isso é bom para o campeonato, que precisa de mais marcas competindo por vitórias e títulos, além de Honda e Yamaha.</span></p>

<p><span style="line-height: 1.6em;">Iannone fez o terceiro melhor tempo. A partir do quarto melhor tempo, de Jorge Lorenzo, a diferença para o melhor tempo subir de 0s2 para mais de meio segundo, mostrando que as motos da Yamaha precisam de algo mais, para andar junto com Márquez e os Andrea, pelo menos, nos testes. Rossi foi em mais voltas deu no circuito, 61 no total, e fechou o top 5, com Dani Pedrosa ficou em sexto. O melhor piloto satélite foi novamente Cal Crutchlow, da CWM LCR Honda, com +0s717 de Dovizioso. As Suzuki ficaram para trás no segundo dia de testes. Aleix Espargaró ficou 0s888 na 12º posição e o rookie Maverick Viñales, com +0s903, ficou em 14º. Para se ter noção no nível de competitividade, hoje 14 pilotos fecharam o dia dentro de 1 segundo. Quem está bem longe disso é Marco Melandri, que veio do Mundial de Superbike para integrar a equipe Aprilia, e fechou em último, na 26 posição, com enormes 3s075 atrás de Dovizioso. Por enquanto, uma missão impossível pensar em lutar sequer por um lugar no pódio. Vamos torcer para que a equipe consiga melhorias na moto durante a temporada.</span></p>

<p>Confira abaixo os tempos dos sete melhores pilotos no segundo dia de testes oficiais.</p>

<p>1º Andrea Dovizioso – Ducati = 1min54s907</p>

<p>2º Marc Márquez – Honda = + 0s184</p>

<p>3º Andrea Iannone – Ducati = + 0s197</p>

<p>4º Jorge Lorenzo – Yamaha = + 0s593</p>

<p>5º Valentino Rossi – Yamaha = + 0s674</p>

<p>6º Dani Pedrosa – Honda = + 0s675</p>

<p>7º Cal Crutchlow – Honda (satélite) = + 0s717</p>

<p>Na segunda-feira, dia 16, a chuva impediu a realização do terceiro e último dia de testes, antes do GP do Qatar, no dia 29 de março. Será que veremos uma Ducati na ponta no Qatar? Façam suas apostas!</p>

Conteúdo Recomendado

Comentários