Card image
Competições
MotoGP: Ducati renova com Miller e fecha dupla para 2022

5 Minutos de leitura

  • Publicado: 25/05/2021
  • Por: Willian Teixeira

Um dos protagonistas da MotoGP em 2021, Jack Miller teve seu contrato renovado pela Ducati e continuará na equipe de fabrica da marca italiana na temporada 2022 do Mundial de Motovelocidade.

Após competir pela Pramac por três temporadas, Miller estreou como piloto de fábrica da Ducati em 2021 e conquistou duas vitórias em cinco etapas da MotoGP realizadas até o momento. O australiano ocupa a 4ª colocação do campeonato, com 16 pontos a menos do que o atual líder Fabio Quartaro, da Yamaha. Já a Ducati lidera as classificações de construtores e equipes.

Miller e Ducati renovam  para temporada 2022 da MotoGP
Após renovação de Miller, Ducati está com equipe fechada para a MotoGP em 2022 (Divulgação)

O piloto da moto #43 não escondeu a emoção ao falar da extensão de seu compromisso com a Ducati: “Estou emocionado por poder continuar minha aventura com a Ducati na próxima temporada. Usar essas cores é uma honra para mim, e ter vencido as duas últimas corridas com a Desmosedici GP é um verdadeiro sonho. Isso não seria possível sem o apoio que recebi da Ducati nos últimos meses, e quero agradecer pela fé que depositaram em mim. Agora posso focar na atual temporada, estamos em quarto e o campeonato é longo. Vou dar o meu melhor para seguir com essa tendência positiva e lutar pelo título. Forza, Ducati!”, conclui Miller.

Miller e Ducati renovam  para temporada 2022 da MotoGP
Miller tem duas vitórias em cinco corridas pela Ducati (Divulgação)

Veja também:
Aprilia renova com Dorna e terá equipe própria na MotoGP
De campeão da MotoGP a comentarista controverso

Ducati atualiza família Hypermotard 950 no exterior

Para o gerente geral da Ducati, Luigi Dall’lgna, seguir com Miller e Pecco em 2022 dará condições da equipe lutar pelo título. “Nesta temporada Jack mostrou talento, profissionalismo e determinação, conseguindo duas vitórias importantes em condições diferentes após um início de temporada difícil. Certamente ele é um dos pilotos que melhor compreende nossa Desmosedici GP e tira máximo proveito de seu potencial em qualquer condição, como demonstrou recentemente em Le Mans. Nosso objetivo continua sendo o título, e acreditamos que com Miller e Bagnaia estaremos entre os principais postulantes ao título em 2022”, finaliza o dirigente.

Pirro substitui Martin em Mugello

Após sofrer um forte acidente nos treinos para o GP de Portugal e perder a prova, o espanhol Jorge Martin ficou fora das etapas da França e da Espanha da MotoGP, sendo substituído por Tito Rabat nestas corridas.

Seu retorno estava previsto para o GP da Itália, em Mugello, neste final de semana, mas foi descartado pela Pramac por orientação dos médicos. Desta vez, o espanhol será substituído por Michele Pirro, piloto de testes da Ducati.

Pirro Wildcard Ducati Pramac
Pirro corre no lugar de Martin em Mugello. Italiano também deve ser wild card em Misano (divulgação)

Acompanhe a MOTOCICLISMO também pelas mídias sociais!
– Instagram – Facebook – YouTube – Twitter

Além desta aparição pela Pramac, o italiano também deve receber um wild card da equipe de Borgo Panigale para o GP de San Marino, em Misano, previsto para setembro.

Conteúdo Recomendado

Comentários