Card image
Competições
MotoGP 2020 terá 13 corridas em cinco países

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 11/06/2020
  • Por: Willian Teixeira

Após inúmeras reviravoltas por conta do coronavírus, o calendário revisado da temporada 2020 da MotoGP foi divulgado, fato que acontece um dia após o anúncio do cancelamento da corrida em Mugello. O Mundial de Motovelocidade começa no próximo dia 19 de junho na Espanha, no circuito de Jerez, e terá no mínimo 13 corridas disputadas em cinco países: Áustria, Espanha, França, Itália e República.

Caso a temporada 2020 tenha corridas apenas na Europa, ela se encerrará em 15 de novembro, no GP de Valência. Porém, os grandes prêmios das Américas (EUA), Argentina, Tailândia e Malásia ainda estão sujeitos à confirmação, e se essas etapas forem realizadas, o campeonato deste ano termina somente em dezembro.

MotoGP divulga calendário com 13 corridas em cinco países
MotoGP 2020 começa em 19 de julho, em Jerez (Divulgação)

A temporada 2020 abre em 19 de julho com o GP da Espanha, em Jerez. No final de semana seguinte acontece o GP da Andaluzia, também em Jerez. A terceira corrida está prevista para 9 de agosto na República Tcheca. Depois, o Red Bull Ring recebe duas corridas, em 16 e 23 de agosto, os grandes prêmios da Áustria e da Estíria.

Com cinco etapas disputadas, a MotoGP para por duas semanas e volta em 13 de setembro, com o GP de San Marino, em Misano. Já no fim de semana seguinte acontece o GP da Emília-Romanha, também em Misano. Em 27 de setembro a MotoGP volta à Espanha pela segunda vez, agora para correr em Barcelona no dia 27 de setembro.

MotoGP divulga calendário com 13 corridas em cinco países
MotoGP terá 13 etapas em 2020 se campeonato acontecer somente na Europa (Divulgação)

Veja também:
Aleix Espargaró renova com Aprilia até 2022
Petrucci deixa Ducati no fim desta temporada
Espargaró pode substituir Marquez na Honda

Em 11 de outubro, o campeonato vai à França para a prova em Le Mans. Depois retorna à Espanha onde fica para as etapas em Aragón e Valência. Em 2020 o Mundial de Motovelocidade só sai da Europa caso as provas que estão sujeitas à confirmação aconteçam, decisão que será tomada pela organização nas próximas semanas.

Veja abaixo como ficou o calendário da temporada 2020 do Mundial de Motovelocidade:

19 de julho – GP da Espanha – Jerez – Ángel Nieto
26 de julho – GP da Andaluzia – Jerez – Ángel Nieto
9 de agosto – GP da República Checa – Brno
16 de agosto – GP da Áustria – Red Bull Ring
23 de agosto – GP da Estíria – Red Bull Ring
13 de setembro – GP de San Marino – Misano
20 de setembro – GP de Emilia-Romanha – Misano
27 de setembro – GP da Catalunha – Barcelona
11 de outubro – GP da França – Le Mans
18 de outubro – GP de Aragão – MotorLand
25 de outubro – Teruel GP – MotorLand
8 de novembro – GP da Europa – Ricardo Tormo
15 de novembro – GP de Valência – Ricardo Tormo

Aguardando confirmação:
GP das Américas – Austin
GP da Argentina – Termas de Rio Hondo
GP da Tailândia – Chang International Circuit
GP da Malásia – Sepang

Com sete provas, calendário da MotoE é confirmado

A temporada 2020 da MotoE terá sete corridas realizadas em três países. A categoria de motos elétricas começa a competir este ano em 19 de julho em Jerez, junto com as outras categorias do Mundial de Motovelocidade. No fim de semana seguinte os pilotos voltam a correr em Jerez.

Temporada 2020 da MotoE terá sete corridas em três países diferentes (Divulgação)

Após uma pausa, o campeonato de motos elétricas volta em 13 de setembro com o GP de San Marino, em Misano. A reta final do campeonato já começa nos dias 19 e 20 de setembro, com uma rodada dupla em Misano. O fechamento da temporada será em Le Mans, dias 10 e 11 de outubro.