Card image
Competições
MotoGP: Dani Pedrosa quebra sequência de vitórias de Jorge Lorenzo

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 02/05/2011
  • Por: admin

<p>Jorge Lorenzo até o GP de Estoril, Portugal, estava tendo uma vida tranquila no mundial, pois havia vencido consecutivamente as três ultimas corridas. Já para equipe Honda, o domínio que se viu nos treinos pré-temporada, não se repetia nas corridas, mas as coisas parecem ter mudado. O GP de Portugal pode ser considerado monótono até faltarem duas voltas para a bandeirada final, vejam porquê: desde a largada, Lorenzo assumiu a liderança, seguido por Pedrosa,  Casey Stoner que ultrapassa Simoncelli que logo em seguida na curva VIP perde o controle de sua moto e vai para o chão, quem também cai no mesmo local é Hector Barberá. Valentino Rossi era pressionado por Andrea Dovizioso e perde a posição.<br />
<br />
Stoner fica isolado em terceiro lugar, Dovisiozo se mantém em 4º e Rossi termina em 5º. Bem Spies e a outra Yamaha oficial erram bastante durante toda a corrida, a moto estava nitidamente instável nas freadas até que faltando 16 voltas para o final, o piloto sofre uma queda e abandona a corrida. Restando quatro voltas para o final e quando tudo parecia definido nas duas primeiras posições, Pedrosa começa a imprimir um ritmo forte, fazendo as voltas mais rápidas, quando faltando duas voltas para a bandeirada assume a liderança para assim terminar a corrida. Com isto a diferença na classificação do campeonato é de apenas quatro pontos entre o líder, Lorenzo e o vice Pedrosa.<br />
<br />
Na Moto2, a maioria dos pilotos com fortes chances de levar o titulo da temporada vão ao chão como Bradl, Iannone, Luthi, Redding, Pirro, Márquez, Cruzel, neste que é o circuito recordista em número de quedas. Após alguma alternância na liderança, que venceu foi o alemão Stefan Bradl, seguido por Julian Simon e em 3º Yuki Takahashi, Marc Marquez foi apenas 21º. Na 125 cm³ Nico Terol vence pela terceira vez seguida sem ser incomodado pelos demais pilotos. Sandro Cortese foi o 2º colocado e Johann Zarco completa o pódio em 3º lugar.<br />
<br style="font-weight: bold;" />
<span style="font-weight: bold;">MotoGP – GP de Portugal</span><br />
1 Dani PEDROSA – HONDA  <br />
2 Jorge LORENZO  – YAMAHA<br />
3 Casey STONER –  HONDA<br />
4 Andrea DOVIZIOSO – HONDA <br />
5 Valentino ROSSI – DUCATI <br />
6 Colin EDWARDS – YAMAHA<br />
7 Hiroshi AOYAMA – HONDA<br />
8 Cal CRUTCHLOW – YAMAHA<br />
9 Nicky HAYDEN – DUCATI <br />
10 Randy DE PUNIET – DUCATI<br />
<br />
<span style="font-weight: bold;">Moto2 – GP de Portugal</span><br />
1 Stefan BRADL – KALEX  <br />
2 Julian SIMON – SUTER<br />
3 Yuki TAKAHASHI – MORIWAKI<br />
4 Dominique AEGERTER – SUTER<br />
5 Simone CORSI – FTR<br />
6 Pol ESPARGARO – FTR <br />
7 Randy KRUMMENACHER – KALEX <br />
8 Alex BALDOLINI – SUTER <br />
9 Mike DI MEGLIO – TECH <br />
10 Esteve RABAT-  FTR<br />
<br />
<span style="font-weight: bold;">125 cm³ – GP de Portugal</span><br />
1 Nicolás TEROL Bankia Aspar Team<br />
2 Sandro CORTESE  Intact-Racing Team Germany<br />
3 Johann ZARCO  Avant-AirAsia-Ajo<br />
4 Maverick VIÑALES  Blusens by Paris Hilton Racing<br />
5 Jonas FOLGER  Red Bull Ajo MotorSport<br />
6 Efren VAZQUEZ  Avant-AirAsia-Ajo<br />
7 Miguel OLIVEIRA  Andalucia Banca Civica<br />
8 Luis SALOM SPA  Racing GP<br />
9 Adrián MARTIN  Bankia Aspar Team<br />
10 Simone GROTZKYJ  Phonica Racing</p>

Conteúdo Recomendado

Comentários