Card image
Competições
MotoGP começa em agosto “em cenário mais otimista”, diz Dorna

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 20/04/2020
  • Por: Willian Teixeira

A MotoGP é apenas um dos eventos que vivem situação de total indefinição por conta da pandemia do novo coronavírus. Até o momento apenas Moto3 e Moto2 correram no Catar, enquanto a categoria rainha do Mundial de Motovelocidade não pode fazer a sua estreia na temporada 2020.

A Dorna, empresa que organiza a MotoGP, segue monitorando a atual situação mundial. E de acordo com seu CEO, Carmelo Ezpeleta, o cenário mais otimista indica que a temporada deste ano deve começar em agosto com a etapa de Brno, na República Tcheca.

Em cenário otimista, temporada 2020 da MotoGP começa em Brno (Divulgação)

“Em primeiro lugar precisamos encerrar a situação de emergência e ver como está a saúde de todos. Se tudo correr bem podemos começar a viajar em meados de julho. O cenário mais otimista que temos indica que o campeonato começa em Brno, em agosto”, afirmou o dirigente ao programa Radioestadio del Motor, da rádio espanhola Onda Cero.

Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna (Divulgação)

Veja também:
Bagnaia vence segunda corrida virtual da MotoGP
MotoGP: Andrea Iannone é suspenso por doping
Confira os destaques da MOTOCICLISMO 268

Até o momento a temporada 2020 da MotoGP tem sete corridas adiadas (Tailândia, Estados Unidos, Argentina, Espanha, França, Itália e Catalunha). Na teoria a próxima corrida é o GP da Alemanha, em Sachsenring, mas a prova não deve acontecer pelo fato de o governo alemão ter vetado grandes eventos no país até 31 de agosto.

Para Ezpeleta, a previsão é que este ano as corridas sejam realizada sem a presença do público, e que o campeonato tenha entre 8 ou 10 corridas. “Não estamos pensando em cancelar o campeonato deste ano, mas não é algo que possa ser descartado completamente neste momento. Estamos trabalhando para voltar a funcionar”, finaliza.

MotoGP e Mundial de Superbike correndo juntos?

Além da MotoGP, a Dorna também é responsável pela organização de outras categorias, dentre elas o Mundial de Superbike. E cada campeonato tem o seu calendário elaborado de maneira diferente. Porém, rumores indicavam a realização das corridas dos dois campeonatos ao mesmo tempo, que foram prontamente descartados por Ezpeleta. “Há patrocinadores diferentes, é impossível. Cada uma terá o seu próprio campeonato”, conclui.

Ao contrário da MotoGP, Mundial de Superbike já teve etapa realizada em 2020
Corridas do Mundial de Superbike não serão realizadas junto com a MotoGP (Divulgação)

Vale destacar que, enquanto a MotoGP ainda não correu este ano, o Mundial de Superbike já teve uma etapa disputada em 2020: a prova em Phillip Island, na Austrália.