Card image
Competições
Moto 1000 GP é o único Brasileiro de Motovelocidade

1 Minuto de leitura

  • Publicado: 24/12/2015
  • Por: admin

<p><span style="line-height: 1.6em;"><a href="http://www.motorpress.com.br/moto/competicoes/competicoes-competicoes/polemica-na-gpr-250-marca-final-do-moto-1000-gp"><span style="color:#FF0000;">Após a conclusão da temporada 2015</span></a> do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade e <a href="http://www.motorpress.com.br/moto/competicoes/competicoes-competicoes/moto-1000-gp-antecipa-calendario-2016"><span style="color:#FF0000;">o calendário de 2016 já definido, com ínicio no próximo 1º de maio</span></a>, em Pinhais (PR), a Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), entidade que rege o motociclismo nacional e representa a Federação Internacional de Motociclismo (FIM) no Brasil, torna público mais uma vez, que só o Moto 1000 GP  tem a chancela de Campeonato Brasileiro de Motovelocidade Oficial.</span></p>

<p><img alt="Troféus do Moto 1000 GP, reconhecido como Brasileiro de Motovelocidade" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/motociclismo_moto_1000_gp_gilmar_rose_gp_lubrax_2015_30_620x467.jpg" style="margin: 0px auto; display: block; width: 620px; height: 467px;" /></p>

<p>Nenhuma outra competição pode utilizar-se da chancela de Campeonato Brasileiro, na divulgação, institucional, publicidade, apresentação ou captação de patrocínios etc. A medida também se aplica aos pilotos e equipes, que não podem se apresentar na condição ou com conotação de integrantes de campeonatos brasileiros oficiais.  <strong>A CBM e a FIM só reconhecem os pilotos do Moto 1000 GP como participantes do Campeonato Brasileiro</strong>.</p>

<p>A CBM reforça ao meio da motovelocidade no Brasil que só existe um único Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, que é o evento Moto 1000 GP. “É um campeonato confiável, com ótimo nível esportivo, com uma conduta técnica inigualável e sem qualquer favorecimento para A ou B. É isso que nós queremos e é isso que temos conseguido com o Moto 1000 GP”, pondera, Firmo Alves, presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo.</p>

<p><img alt="Eric Granado competiu em 2015 e foi Campeão Brasileiro de Motovelocidade na GP600, com 100% de aproveitamento " src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/eric_granado_moto_1000_gp_2015_620x467.jpg" style="margin: 0px auto; display: block; width: 620px; height: 467px;" /></p>

<p>Concluindo, portanto, os títulos do Moto 1000 GP serão os únicos com reconhecimento e homologação no Brasil e no cenário internacional, ao contrário dos das outras competições. A FIM sanciona o Campeonato Mundial de Motovelocidade, o MotoGP, e dirige e regulamenta o motociclismo em 93 Federações Nacionais e seis Uniões Continentais afiliadas.</p>

<p>A CBM é a representante da FIM no Brasil. O que faz com que o Campeonato Brasileiro seja reconhecido e homologado tanto no Brasil como no âmbito das outras 93 federações nacionais e seis Uniões Continentais afiliadas à FIM.</p>

<p><strong>Veja também: </strong></p>

<p><a href="http://www.motorpress.com.br/moto/competicoes/competicoes-competicoes/polemica-na-gpr-250-marca-final-do-moto-1000-gp"><span style="color:#FF0000;">Veja como foi a final da temporada 2015 do Brasileiro de Motovelocidade</span></a></p>

<p><a href="http://www.motorpress.com.br/moto/competicoes/competicoes-competicoes/moto-1000-gp-antecipa-calendario-2016"><span style="color:#FF0000;">Calendário 2016 do Moto 1000 GP foi divulgado</span></a></p>

Conteúdo Recomendado

Comentários