Card image
Competições
Após nova cirurgia, Márquez deve voltar só em setembro

3 Minutos de leitura

  • Publicado: 05/08/2020
  • Atualizado: 07/08/2020 às 12:30
  • Por: Willian Teixeira

Após realizar duas cirurgias, Marc Márquez deve priorizar sua recuperação total, voltando a correr na MotoGP apenas em setembro. Caso isso se concretize, ele perderá as três próximas provas da principal categoria do Mundial de Motovelocidade.

De acordo com Emilio Pérez de Rozas, do jornal El Periodico, o atual campeão da MotoGP abriu mão das três etapas que são disputadas em agosto: o GP da Republica Tcheca, que acontece neste final de semana, e os GPs da Áustria e da Estíria, marcados para os dias 16 e 23, ambos no Red Bull Ring. Segundo o jornalista, sua volta deve acontecer apenas em setembro, nas corridas em Misano, marcadas para os dias 13 e 20.

Após nova cirurgia, Márquez deve voltar só em setembro
Marc Márquez deve voltar à MotoGP apenas em setembro, quando a categoria corre em Misano, na Itália (Gold & Goose/Red Bull Content Pool)

Veja também:
MotoGP: Márquez está fora do GP da República Tcheca
Com mais uma data, MotoGP só corre na Europa em 2020
Coluna do Baubeta: Yamaha realiza sonho de garotos e marmanjos

O alemão Stefan Bradl, que correrá no lugar de Márquez em Brno, também vai ocupar o lugar do espanhol nas duas provas austríacas. Caso essa longa ausência do espanhol se confirme, Marc Márquez abrirá mão de disputar o título da temporada 2020 da MotoGP, já que ele não terá pontuado nesta primeira parte do campeonato.

Um 2020 conturbado para Marc Márquez

No GP da Espanha, a prova de abertura da MotoGP, Márquez fazia uma excelente prova de recuperação após ter cometido um erro enquanto lutava pelos primeiros lugares, perdendo várias posições. Quando faltavam poucas voltas para o fim da corrida ele voltou a errar, mas dessa vez sofreu uma forte queda que lhe rendeu uma fratura no úmero do braço direito.

Após nova cirurgia, Márquez deve voltar só em setembro
Marc Márquez em seu acidente no GP da Espanha (Reprodução)

Dois dias depois o espanhol passou pela primeira cirurgia, procedimento no qual Dr. Xavier Mir e sua equipe colocaram uma placa de titânio no braço do “Formiga Atômica”.

Após o procedimento, o médico havia confirmado que ele voltaria apenas na prova da República Tcheca, no início de agosto. Mas o piloto se antecipou e no próprio hospital já iniciou seu trabalho de recuperação. E 48 horas após a cirurgia ele viajou até Jerez para tentar correr o GP da Andaluzia, sendo aprovado nos testes e liberado para a corrida pelo corpo médico da MotoGP, mas desistiu de competir após sentir dores no braço durante os treinos.

Após nova cirurgia, Márquez deve voltar só em setembro
O espanhol participou dos treinos, mas não conseguiu alinhar para o GP da Andaluzia (Gold & Goose/Red Bull Content Pool)

Na última segunda-feira a Honda anunciou que o piloto foi submetido a uma nova operação no mesmo braço para a troca da placa de titânio, que estava desgastada por estresse. Agora, ao que tudo indica, o piloto vai privilegiar sua recuperação. Vamos acompanhar as “cenas dos próximos capítulos” e ver quando Marc Márquez estará de volta às pistas.