Card image
Competições
Lorenzo volta à MotoGP em Silverstone

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 22/08/2019
  • Atualizado: 22/08/2019 às 11:33
  • Por: Willian Teixeira

O circuito de Silverstone recebe a 12ª etapa do Mundial de Motovelocidade neste final de semana, com a volta de Jorge Lorenzo. O espanhol ficou dois meses afastado da MotoGP por conta de um acidente sofrido durante os treinos para a etapa de Assen, na Holanda, quando ele fraturou duas vértebras.

Lorenzo celebra seu retorno às pistas, mas admite que levará algum tempo para recuperar o ritmo. “Eu gostaria de ter voltado antes, mas a natureza da lesão exigiu que minha recuperação levasse mais tempo. Estou pronto para retornar à equipe, e espero continuar melhorando para obter os resultados que sabemos que podemos alcançar”, comenta.

Jorge Lorenzo comenta diferenças entre Honda e Ducati
Recuperado, Lorenzo volta à MotoGP em Silverstone (Divulgação)

Veja também:
Lesionado, Joan Mir está fora do GP da Inglaterra
Jack Miller renova com a Pramac para 2020
Entrevista: Monster Energy e sua relação com os esportes

E o palco do retorno traz boas lembranças ao espanhol. Lorenzo é o piloto com mais vitórias em Silverstone na era moderna da MotoGP, cruzando a linha de chegada na frente de seus adversários por três vezes. Além disso, ele é o piloto com mais pontos (127) e voltas na liderança (65) na pista inglesa. Ele também é um dos que mais vezes foi ao pódio (4), empatado com Valentino Rossi e Andrea Dovizioso.

Veja algumas curiosidades sobre a etapa britânica da MotoGP

Pela 71ª temporada, a Grã-Bretanha vai organizar uma etapa do Mundial de Motovelocidade, sendo que 28 foram disputadas na Ilha de Man, 23 no circuito de Donnington Park e 19 em Silverstone.  Junto com o Reino Unido, somente Itália e Holanda realizaram pelo menos uma etapa todos os anos desde o início da categoria.

Situado a cerca de 120 km de Londres, o circuito foi construído no aeródromo da Segunda Guerra Mundial, sendo que as três pistas diagonais que o compõem ainda são visíveis hoje.

Etapa foi cancelada em 2018 por causa da chuva (Divulgação)

A edição do ano passado não foi realizada por conta das más condições do tempo. Junto com Austin, Barcelona e Red Bull Ring, Silverstone é um dos poucos circuitos do calendário da MotoGP que também sedia provas da Fórmula 1.

Com 5,9 km de extensão, a pista é a mais longa do campeonato. O circuito vai sediar uma etapa da MotoGP pela 10ª temporada consecutiva, após uma grande reformulação da pista em 2010. Junto com Austin, é o único circuito em que o tempo de volta é maior do que dois minutos.

Andrea Dovizioso, Wayne Gardner, Casey Stoner e Valentino Rossi são os únicos pilotos da categoria rainha que ganharam em dois circuitos diferentes no Reino Unido: Donnington e Silverstone.

Dovizioso, um dos quatro a vencer em dois circuitos na Inglaterra (Divulgação)