Card image
Competições
Jorge Lorenzo anuncia aposentadoria da MotoGP

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 14/11/2019
  • Atualizado: 14/11/2019 às 20:54
  • Por: Willian Teixeira

Aos 32 anos, o piloto espanhol Jorge Lorenzo anunciou que o GP da Comunidade Valenciana, que será disputado neste domingo, será o último de sua carreira como piloto da principal categoria do Mundial de Motovelocidade. Companheiro do também espanhol Marc Márquez na Honda, Lorenzo não apresentou um bom desempenho no campeonato, tendo um 11º lugar no GP da França como melhor resultado na temporada 2019 da MotoGP.

Um dos motivos que levou Lorenzo a pensar em se aposentar foi o forte acidente que sofreu nos treinos livres para a etapa de Assen, que o deixou fora de combate por dois meses.

Lorenzo anuncia aposentadoria da MotoGP
Lorenzo anunciou aposentadoria aos 32 anos (Divulgação)

Veja também:
Honda CBR 1000RR-R 2020, a mais potente superbike da atualidade
Capacete de Ouro: conheça finalistas das categorias de moto
Salão Duas Rodas 2019 terá número recorde de atrações

“Quando parei de rolar no cascalho, comecei a pensar se isso realmente vale a pena. Após refletir muito, decidi seguir minha carreira. Queria ter certeza de que não estava tomando uma decisão antecipada. Mas entendi que se não sou capaz de lutar por algo grande, lutar pelo título ou pelo menos lutar por vitórias, não encontro motivação para continuar, especialmente nesta fase da minha carreira”, afirma o espanhol na coletiva onde anunciou sua aposentadoria.

Jorge Lorenzo soma cinco títulos pelo Mundial de Motovelocidade, sendo três deles na MotoGP, conquistados em 2010, 2012 e 2015. Ele encerra sua trajetória de 17 anos com 68 vitórias e 152 pódios, despedindo-se como um dos pilotos mais bem sucedidos da história do campeonato.

Em coletiva emocionante, Lorenzo anunciou aposentadoria (Divulgação)

A Honda está em busca de um substituto para Lorenzo. Especula-se na imprensa internacional que um dos favoritos para assumir o posto é o francês Johann Zarco, que deixou a KTM ao longo da temporada e está substituindo o japonês Takaaki Nakagami, que está lesionado, na LCR, equipe satélite da Honda.

Ex-KTM, Zarco é cotado para correr na Honda em 2020 (Divulgação)