Card image
Competições
Jonathan Rea é bicampeão no Mundial de Superbike

2 Minutos de leitura

  • Publicado: 31/10/2016
  • Por: admin

<p><strong>Jonathan Rea </strong>competiu em 2016 com o numero 1 na sua <strong>Kawasaki ZX-10R</strong>, e vai continuar com o mesmo número em sua moto na temporada 2017, porque não deu chance para a concorrência e <strong>conquistou mais um título na etapa final do Mundial de Superbike</strong>, no Qatar, realizada no último final de semana. </p>

<p><img alt="Registro do primeiro título de Rea pela Kawasaki, em 2015. Para 2017, o bicampeão seguirá defendendo o título" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/jrea-4_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>A Kawasaki fez muito bem ao piloto norte-irlandês de 29 anos. Em duas temporadas competindo pela<strong> Kawasaki Racing Team</strong> ao lado de Tom Sykes (o vice-campeão de 2016), conquistou dois títulos consecutivos, <strong>algo que não é fácil nesse campeonato.</strong></p>

<p>Rea eliminou matematicamente a chance dos rivais na luta pelo título no sábado (29), onde largou na pole position e finalizou em segundo a primeira corrida da etapa, enquanto Sykes, o único com chances de tirar o título de Rea até a largada dessa bateria, completou a prova em quarto. Sylvain Guintoli fechou o pódio no sábado, em terceiro, com a Yamaha YZF-R1. Chaz Davies, da Ducati,em grande fase, venceu as baterias de sábado e domingo.</p>

<p><img alt="Fim de semana perfeito para a Kawasaki. No sábado, Rea conquista o título, no domingo, dobradinha no pódio e estratégia bem aplicada para ter Sykes como vice-campeão" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/jonathan_rea_campeao_2016_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Na bateria final, já com sua ‘missão cumprida’, Rea precisou fazer prova de recuperação após disputa pela liderança contra Davies logo no início, onde levou a pior e precisou fazer uma parada nos boxes. Com isso, perdeu posições e voltou para a prova em 13º lugar. Com sorte de campeão, na sétima volta, a prova foi interrompida com bandeira vermelha – para limpar vazamento de óleo na pista.</p>

<p><img alt="Kawasaki ZX-10R e Jonathan Rea. Dupla número 1, mais uma vez!" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/rea_kawasaki_2016_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>Com a nova largada, Rea rapidamente saltou de quinto para terceiro e em seguida tomou a vice-liderança de Sykes. Quando tudo indicava a prova já definida, Rea em um jogo de equipe permitiu que Sykes assumisse o segundo lugar na prova, para garantir o vice-campeonato – e a dobradinha Kawasaki. Rea terminou em terceiro. </p>

<p><img alt="A festa da Kawasaki só não foi 100% porque Chaz Davies faturou o primeiro lugar nas duas baterias. Se manter esse desempenho desde a primeira etapa em 2017, pode incomodar o reinado da Kawasaki" height="467" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/chaz_davies_ducati_superbike_620x467.jpg" style="margin:0 auto; display:block;" width="620" /></p>

<p>“É incrível eu ter vencido o campeonato ficando na frente de ponta a ponta. Estou muito feliz e orgulhoso com nosso trabalho, por que a motocicleta é muito nova. Ganhar no primeiro ano do lançamento de um novo modelo é incrível e eu quero agradecer muito à Kawasaki pela construção de uma moto tão boa. Realmente eu me senti como se tivéssemos que ganhar o campeonato este ano. Por isso tenho que agradecer a todos da minha equipe que me deram suporte", comentou Rea, logo após a prova.</p>

<p><img alt="Festa do melhor piloto da atualidade no Mundial de Superbike, que não está nenhum um pouco interessado em se aventurar na MotoGP &quot;O Mundial de Superbike é minha casa, estou feliz aqui&quot;" src="http://carroonline.terra.com.br//motociclismoonline/staticcontent/images/uploads/rea_campeao_2016_kawasaki_620x467.jpg" style="margin: 0px auto; display: block; width: 620px; height: 467px;" /></p>

<p>Na classificação final, Jonathan Rea fechou 2016 com 498 pontos e Tom Sykes faturou o vice-campeonato com 447 pontos. Já na disputa entre construtores, a Kawasaki também conquistou o título, antecipadamente, na rodada da Espanha. fechando o ano com 582 pontos. Que venha 2017! </p>

Conteúdo Recomendado

Comentários